Gastronomia
Compartilhar

Restaurante rústico faz uma volta ao mundo pelas comidas servidas no buffet

Não que o Sale Pepe seja necessariamente um restaurante rústico em sua raiz. Na verdade, a decoração dele segue por este..

Guilherme Grandi - 12 de dezembro de 2016, 10:00

Não que o Sale Pepe seja necessariamente um restaurante rústico em sua raiz. Na verdade, a decoração dele segue por este lado. O local abriu há oito anos com um conceito um pouco diferente do que é hoje. Éder Fernandes, o proprietário, é um restauranteur já conhecido em Curitiba, tendo comandado no passado os restaurantes Salero, Dubai e Aceto, quando foi aberto o piso Park Gourmet, do ParkShopping Barigui.

Naquele tempo, o Sale Pepe foi mais uma empreitada dele para somar ao portfólio, e abria apenas para o jantar. "Era um conceito diferente, realmente mais elitizado, mas que precisava ter um giro maior", conta o empresário. E foram três anos assim, levando com as contas equilibradas e praticamente sem tempo para ficar com a família. A esposa, a chef Mayara Ueda, já cuidava do lugar, e quando os três restaurantes do shopping fecharam por uma proposta melhor feita pelo Outback (que ocupa o espaço), ela e o marido decidiram mudar o foco do Sale.

O buffet do Sale Pepe é bem variado a cada dia da semana. Destaque para a segunda-feira, que tem pratos da culinária caseira brasileira. (foto: divulgação) O buffet do Sale Pepe é bem variado a cada dia da semana. Destaque para a segunda-feira, que tem pratos da culinária caseira brasileira. (foto: divulgação)

O difícil foi convencer os outros sócios do local, que viam no fechamento o caminho para salvar as finanças. Éder conta que "foi praticamente da noite para o dia que eu resolvi mudar tudo aqui, e começamos com uma mesa normal e alguns fogareiros para manter as panelas aquecidas". Logo no primeiro dia, o movimento da hora do almoço já surpreendeu. E assim sucessivamente, até que ele e a esposa decidiram: "vamos abrir apenas na hora do almoço, de segunda a sexta-feira!"

O buffet do Sale Pepe é bem variado, com 15 opções de pratos quentes, 25 de verduras e legumes para montar uma salada e seis sobremesas. A cada dia, Mayara prepara uma culinária diferente: "na segunda nós fazemos a típica comida caseira, com arroz, feijão, carnes, ovo frito, etc. Na terça tem comida italiana, quarta é variada com pratos alemães, franceses, mexicanos, americanos, entre outros, quinta tem pratos árabes, e sexta servimos frutos do mar". Entre os pratos servidos na sexta e também em eventos fechados, estão a paella mista (Marinera e Valenciana), os espetinhos de camarão milanesa, salmão com chutney de manga e massa parisiense.

O ambiente do restaurante tem toques rústicos, com móveis pesados de madeira entalhada. (foto: divulgação) O ambiente do restaurante tem toques rústicos, com móveis pesados de madeira entalhada. (foto: divulgação)

Entre as sobremesas servidas, também variáveis a cada dia, estão o pudim de leite, sagu, quindim, brownie, e tortas Alemã, Banofe, etc. O buffet custa R$ 59,90 o quilo de segunda a quinta, e R$ 64,90 na sexta. Abre das 11h30 às 15h, e tem capacidade para 170 pessoas.

Para acompanhar, há quatro opções de sucos naturais (R$ 6), refrigerantes (R$ 5) e vinhos a partir de R$ 54,90. O café Nespresso tem um cubo de bolinho de fubá da casa a R$ 5.

Serviço:

Sale Pepe

Rua XV de Novembro, 818, Centro

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 11h30 às 15h.

41 3223-5521