Filme “A despedida” estará disponível no streaming a partir desta quarta-feira (31)

Johann Gaissler

"A despedida" estará no streaming e fala sobre a morte

Nesta quarta-feira (31), o filme americano “A despedida” estará disponível em seis diferentes serviços de streaming. O drama é de Roger Michell e faz uma narrativa familiar sobre a morte, protagonizada por Susan Sarandon, que interpreta Lily – esposa, mãe e avó que se aproxima do final da vida por causa de uma doença.

A personagem principal é casada com um médico, com quem tem duas filhas. O casal mora sozinho e tem idade próxima ao início da velhice. Por desejo dela, as famílias das duas mulheres foram convidadas a passar um último fim de semana juntas. Com um clima visivelmente tenso logo na chegada, todos tentam aproveitar os dias com leveza.

A produção retrata uma série de temas: o trato com morte, pessimismo, orientação sexual, convivência familiar, eutanásia, problemas psiquiátricos e uso de drogas ilícitas. No filme, a atenção de quem está assistindo fica envolvida durante toda a exibição – que dura pouco mais de uma hora e meia – muito por conta da história a ser contada.

Lily no filme "A despedida"
Lily é casada e tem duas filhas e um neto no filme “A despedida”. (Foto: Divulgação)

Na obra, Lily aparenta ter aceitado a morte de maneira natural e com poucos tabus. Ela apresenta sintomas que se assemelham à uma doença degenerativa, embora isso não seja especificado no filme. A hipótese ocorre após ela demonstrar, durante a trama, sintomas como a paralisação de parte dos membros. Isso é corroborado numa conversa do marido dela com seu neto, que conta os próximos sintomas que devem aparecer, como a falta de locomoção e capacidade de se alimentar individualmente, havendo a necessidade de sonda.

A pedido da própria Lily, seria realizada uma eutanásia nela. A ação é proibida no contexto do filme e em diversas legislações em todo o mundo, por isso, em muitas cenas, ocorre o debate sobre o que significa essa atitude, bem como suas repercussões por um crime a ser realizado.

RELAÇÃO ENTRE MÃE E FILHAS É TEMA DE DISCUSSÃO NO FILME

Em “A despedida”, ainda, as duas filhas de Lily, Jennifer e Anna, apresentam diferentes personalidades. Enquanto uma é mãe de família e mais apegada à mãe, outra vive de modo alternativo e não apresenta muita vontade de conviver em família.

As duas irmãs também apresentam modos diferentes de lidar com a morte da mãe, algo que é surpreendido em um primeiro momento do filme, mas explicado durante o desenvolvimento da história.

Próximo ao fim da trama, outra reviravolta acontece que coloca o desfecho como incerto. Isso desperta uma curiosidade sobre qual será o final do filme e se a decisão de Lily irá mudar ou não.

Jennifer e Anna em "A despedida"
Jennifer e Anna, juntas, conversando sobre o futuro sem a mãe. (Foto: Divulgação)

“A despedida” apresenta pouca variedade de espaços, com cenas ambientadas quase que, em sua totalidade, dentro da casa da Lily. Além de Susan Sarandon, o elenco conta com Kate Winslet, Mia Wasikowska e Sam Neill.

 

Serviço: filme “A despedida”

Exibição: a partir de quarta-feira, 31 de março de 2021

Gênero: drama

Duração: 97 minutos

Por onde assistir: Now, iTunes, Google Play, Youtube Filmes, Vivo Play e Sky Play

 

Johann Gaissler escreveu sob a supervisão da jornalista Martha Feldens

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="754658" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]