Anitta chega de moto ao Coachella e leva favela e bandeira do Brasil ao palco

De cropped e shortinho nas cores verde, amarela e azul, ela levou o país ao palco não só com o português de sua música, mas também com figurinos, cenários e coreografias que exaltavam suas origens.

Folhapress - 16 de abril de 2022, 11:24

Foto: Divulgação/Coachella
Foto: Divulgação/Coachella

A cantora Anitta vestiu a bandeira do Brasil em sua apresentação no Coachella, um dos maiores festivais de música dos Estados Unidos, nesta sexta-feira (15).

De cropped e shortinho nas cores verde, amarela e azul, ela levou o país ao palco não só com o português de sua música, mas também com figurinos, cenários e coreografias que exaltavam suas origens.

Anitta chegou de moto no palco e, logo na abertura, o astro Snoop Dogg apareceu e cantou "Onda Diferente" junto com a artista. Outro feat foi com a rapper Saweetie, que participou do evento ao cantar o hit "Faking Love" com a brasileira.

Na setlist, a apresentação teve "Envolver", música que alcançou o #1 do Spotify Global, e foi de "Movimento da Sanfoninha" até "Garota de Ipanema". Na plateia, Pabllo Vittar, que também está no lineup do festival, e Diplo curtiram a apresentação.

Após o show, Anitta foi destaque em diversos veículos internacionais, que exaltaram a cantora. "Musicalmente, o set de 45 minutos apresentou uma mistura incompreensível de gêneros, enfatizando a música brasileira e latina que a levou ao estrelato, mas acrescentando pop", noticiou o Variety. "O conjunto era igualmente diversificado e visualmente ao nível da arena".

Já a Vulture disse que a carioca estava fazendo história como a primeira artista solo brasileira no festival. "As cores vivas, os cenários elaborados e a coreografia fantástica foram o centro das atenções durante a apresentação", informou.

O LA Times exaltou Anitta como a "maior atração brasileira no mundo atualmente" e disse que ela "trouxe um gostinho do Rio para o palco do Coachella".