Antonia Fontenelle é condenada por associar irmãos Neto com pedofilia

A atriz Antonia Fontenelle foi condenada por três calúnias, duas difamações e uma injúria contra os irmãos youtubers Fel..

UOL/Folhapress - 16 de dezembro de 2021, 12:49

Reprodução Instagram
Reprodução Instagram

A atriz Antonia Fontenelle foi condenada por três calúnias, duas difamações e uma injúria contra os irmãos youtubers Felipe Neto e Luccas Neto. A ação em 1ª instância considerou um vídeo em que Fontenelle sugeria que os irmãos incentivavam a pedofilia.

A decisão da 39ª Vara Criminal do Rio de Janeiro tomada ontem converteu a pena de um ano de prisão em regime aberto para prestação de serviços comunitários e multa de aproximadamente R$ 8 mil.

O juiz Ricardo Coronha Pinheiro entendeu que Fontenelle sabia que o vídeo que usou para atacar os youtubers era editado, além de proferir xingamentos.

Para Splash, a defesa de Antonia Fontenelle afirmou que vai recorrer da decisão e que os dois advogados da apresentadora estão "trabalhando juntos no recurso". "A Antonia não caluniou ou difamou ninguém, apenas expor uma opinião para debate", disse Guaracy Bastos.

A apresentadora disse que, por ser decisão em 1ª instância, "tem muita água para correr ainda" Ano passado, Luccas e Felipe Neto apresentaram uma queixa-crime, acatada pela 39ª Vara Criminal do Rio de Janeiro.

O TJRJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) explicou na época que a apresentadora publicou um vídeo em que associava os dois youtubers à incitação e à prática de pedofilia.

Em junho, quando soube que os irmãos entraram na Justiça, Fontenelle xingou Felipe Neto de "moleque, covarde e mal caráter", segundo a descrição do processo. A defesa de Fontenelle disse que o vídeo tinha "a intenção única de provocar a discussão e a readequação dos conteúdos produzidos" pelos youtubers e que Fontenelle praticava a liberdade de expressão. A sentença rebateu o entendimento: "Ora, a vontade de ofender é por demais nítida no caso tratado neste feito, muito longe de expressar a vontade de provocar uma mera discussão. Quem imputa a ontem falsamente a prática de pedofilia, ou que instiga a pedofilia, efetivamente tem a vontade de ofender. Que outro propósito tem senão ofender, quando se chama alguém de "moleque, covarde e mau caráter", bem como "pagando boqu* numa garrafa de vidro".

Segundo a equipe de Felipe Neto, essa é a terceira condenação criminal que Fontenelle recebe apenas em 2021 por ofendê-lo. A apresentadora teria um ano de serviços comunitários e mais de R$ 200 mil reais de pena a ser cumprida.