Após mudança de local, “Cidades Invisíveis” estreia em Curitiba com entrada gratuita

Redação

Baseada em obra de Italo Calvino, a peça “As Cidades Invisíveis” fala sobre a troca entre indivíduos diferentes na sociedade

Estreia nesta sexta-feira o espetáculo “As Cidades Invisíveis”, inspirado no livro homônimo do escritor italiano Italo Calvino. A peça, que permanece em cartaz até 27 de maio com entrada gratuita, acontece no Teatro Cleon Jacques de sexta a domingo e, também, às segundas-feiras.

Além da obra de Calvino, outra inspiração para a criação da peça foram caminhadas por ruas do centro histórico de Curitiba. O objetivo dos artistas é falar sobre a cidade de forma poética – assim como o autor – para trazer reflexões sobre o quanto a vivência em sociedade está ligada a trocas entre indivíduos complexos e cheios de subjetividades.

A discussão ainda se expande para a questão da convivência com as diferenças, especialmente nos tempos inflamados, de ideais tão díspares, em que se vive atualmente. Em cena, relatos autobiográficos com comicidade, crítica e ironia se misturam a uma linguagem próxima do sonhos, que traz imagens enigmáticas.

Mudança de local


A estreia da peça, que aconteceria no último dia 26, teve de ser adiada por causa de uma alteração de local. O espetáculo tomaria espaço no Museu de Saneamento da Sanepar, mas, devido a uma
desautorização da empresa, precisou passar por um processo de transformação para se adequar ao novo local, o Teatro Cleon Jacques. O acontecimento acabou sendo absorvido à dramaturgia
da peça.

Post anteriorPróximo post