Arquiteta Lina Bo Bardi receberá homenagem especial com Leão de Ouro

Redação

Lina Bo Bardi Leão de Ouro homenagem

A arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi, falecida em 1992, será homenageada com o Leão de Ouro Especial na 17ª edição da Bienal de Arquitetura de Veneza, que começa em maio. O tema da mostra deste ano será a pergunta “Como viveremos juntos?”.

O evento será apresentado de modo on-line em abril. No mês seguinte, previsto para o dia 22, a Bienal terá abertura ao público. Segundo o educador e arquiteto Hashim Sarkis, Lina Bo Bardi é a arquiteta que melhor representa o tema do evento. “Sua carreira como designer, editora, curadora e ativista nos lembra o papel do arquiteto como construtor de visões coletivas. Ela também exemplifica a perseverança da arquiteta em tempos difíceis, sejam guerras, conflitos políticos ou imigração, e sua capacidade de permanecer criativa, generosa e otimista o tempo todo”, explica.

Lina é a primeira mulher brasileira a conquistar um Leão de Ouro. Oscar Niemeyer e Paulo Mendes da Rocha também receberam indicações em 1996 e 2016, respectivamente.

No Brasil, a homenagem à arquitetura está programada para julho deste ano e seguirá de acordo com os protocolos de saúde e governamentais determinados para conter a propagação do coronavírus.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="750019" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]