As “Arteiras de Alto Paraná” e suas maravilhosas obras em crochê

Pedro Ribeiro


Tesouras, agulhas, fitas métricas e muitos novelos de fios de linha nas mãos e ideias na cabeça. Aos poucos elas foram reunindo-se, interagindo uma com as outras e quando deram conta, haviam formado um grupo de artesãs que hoje conta com perto de mil seguidores. São as “Arteiras de Alto Paraná” que através da milenar técnica do crochê passaram a criar peças delicadas, multicoloridas e decorativas de ambientes ou como vestimentas, panos de pratos e toalhas para uso doméstico, além de centenas de pequenos mimos para presentes, em especial para crianças.

Foto: Acervo Pessoal

A professora Dora Ereno conta que as “Arteiras de Alto Paraná” encontraram neste trabalho artesanal, um meio de interação e confraternização e também como empreendedoras na ajuda da renda familiar. Há também um grupo especial, composto por 47 artesãs, que produz os mais diversos tipos de artesanato com crochê apenas para exercitar suas habilidades e também como terapia ocupacional. A maioria da produção é vendida em feiras e eventos e cuja renda é revertida aos projetos Bom Menino e Pastoral da Saúde. Quem lidera os trabalhos as pastorais é a artesã Antonia Brugnolli.

Foto: Acervo Pessoal

Os trabalhos feitos pelas “Arteiras de Alto Paraná”, vem ganhando espaço em feiras, exposições e eventos devido às combinações de cores e design. Elas também aproveitam datas especiais, como a Páscoa, Natal, Dia das Mães, dos Pais, Namorados e outros do calendário para desenvolverem produtos temáticos para decorar ambientes, como móveis, cozinha, sala e quartos. Em cada casa de uma dessas artistas são encontrados dezenas de trabalhos feitos principalmente em crochê.

Alto Paraná é uma pequena e bonita cidade, com perto de 15 mil habitantes, localizada no Noroeste do Estado, distante cerca de 470 km de Curitiba, 60 km de Maringá e 15 km de Paranavaí.

Foto: Acervo Pessoal

Hoje, com 64 anos, já foi a segunda maior produtora de grãos e a maior produtora de café do país. Sua economia tem como base a agropecuária e a indústria moveleira.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="610989" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]