Bacurau é indicado ao Spirit Awards, o Oscar do cinema independente

Folhapress

Brasil fica de fora da disputa pelo Oscar de filme internacional

“Bacurau” vai concorrer ao troféu de melhor filme internacional no Independent Spirit Awards, marcado para 22 de abril.

A premiação, considerada o Oscar do cinema independente, anunciou nesta terça (26) seus indicados, num vídeo apresentado pela atriz Laverne Cox, o diretor Barry Jenkins e a atriz e diretora Olivia Wilde.

“Bacurau” concorre com outros quatro longas: “The Disciple”, da Índia, “Night of the Kings”, da Costa do Marfim, “Preparations to be Together for an Unknown Period of Time”, da Hungria, e “Quo Vadis, Aida?”, da Bósnia e Herzegovina.

Esta é a segunda vez que Kleber Mendonça Filho, que assina a direção do longa com Juliano Dornelles, é indicado ao prêmio. Em 2017, “Aquarius” concorreu na mesma categoria, mas perdeu para o alemão “Toni Erdmann”.

“Bacurau” foi cotado para representar o Brasil na corrida pelo Oscar no ano passado, mas foi desbancado por “A Vida Invisível”, de Karim Aïnouz. Este passou pela primeira etapa de seleção da categoria, mas acabou ficando de fora da cerimônia.

Outro brasileiro, menos conhecido, também apareceu entre os indicados. O ex-publicitário paulista Edson Oda, natural de Mogi das Cruzes, disputa a categoria de melhor longa de estreia com “Nine Days”.

Assim como aconteceu com outras premiações do cinema, a edição de 2021 do Spirit Awards precisou ser adiada devido à pandemia de coronavírus. Em função do reagendamento, o evento não manterá a tradição de acontecer às vésperas do Oscar e, desta vez, será realizado três dias antes e online.

A edição do ano passado da láurea foi disputada por uma série de vencedores e indicados que passaram despercebidos em outras premiações. O filme “A Despedida”, que não foi indicado ao Oscar, ganhou o prêmio de melhor filme de 2020 no Indie Spirit Awards. Outro exemplo é “Joias Brutas” que levou troféus de melhor diretor (Benny Safdie e Josh Safdie) e melhor ator (Adam Sandler).

Veja a lista completa com os indicados ao Spirit Awards 2021

Filme Internacional (Prêmio concedido ao diretor)
“Bacurau” (Brasil)
“The Disciple” (Índia)
“Night Of The Kings” (Costa Do Marfim)
“Preparations To Be Together For An Unknown Period Of Time” (Hungria)
“Quo Vadis, Aida?” (Bósnia E Herzegovina)

Longa-metragem (Prêmio concedido ao produtor)
“First Cow”
“A Voz Suprema do Blues”
“Minari”
“Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre”
“Nomadland”

Longa-metragem de estreia (Prêmio concedido ao diretor e produtor)
“I Carry You With Me”
“The Forty-year-old Version”
“Miss Juneteenth”
“Nine Days”
“Sound of Metal”

Direção
Lee Isaac Chung, “Minari”
Emerald Fennell, “Promising Young Woman”
Eliza Hittman, “Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre”
Kelly Reichardt, “First Cow”
Chloé Zhao, “Nomadland”

Roteiro
Lee Isaac Chung, “Minari”
Emerald Fennell, “Promising Young Woman”
Eliza Hittman, “Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre”
Mike Makowsky, “Má Educação”
Alice Wu, “The Half Of It”

Roteiro de estreia
Kitty Green, “A Assistente”
Noah Hutton, “Lapsis”
Channing Godfrey Peoples, “Juneteenth”
Andy Siara, “Palm Springs”
James Sweeney, “Straight Up”

Prêmio John Cassavetes (Melhor filme por menos de US$ 500 mil; prêmio concedido ao escritor, diretor e produtor)
“The Killing Of Two Lovers”
“La Leyenda Negra”
“Lingua Franca”
“Residue”
“Saint Frances”

Ator
Riz Ahmed, “Sound Of Metal”
Chadwick Boseman, “A Voz Suprema do Blues”
Adarsh Gourav, “O Tigre Branco”
Rob Morgan, “Bull”
Steven Yeun, “Minari”

Atriz
Nicole Beharie, “Miss Juneteenth”
Viola Davis, “A Voz Supremia do Blues”
Sidney Flanigan,”Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre”
Julia Garner, “A Assistente”
Frances McDormand, “Nomadland”
Carey Mulligan, “Promising Young Woman”

Ator Coadjuvante
Colman Domingo, “A Voz Supremia do Blues”
Orion Lee, “First Cow”
Paul Raci, “Sound Of Metal”
Glynn Turman, “A Voz Supremia do Blues”
Benedict Wong, “Nine Days”

Atriz Coadjuvante
Alexis Chikaeze, “Miss Juneteenth”
Yeri Han, “Minari”
Valerie Mahaffey, “French Exit”
Talia Ryder, “Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre”
Yu-jung Youn, “Minari”

Direção de Fotografia
Jay Keitel, “Ela Morre Amanhã”
Shabier Kirchner, “Bull”
Michael Latham, “A Assistente”
Hélène Louvart, “Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre”
Joshua James Richards, “Nomadland”

Edição
Andy Canny, “O Homem Invisível”
Scott Cummings, “Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre”
Merawi Gerima, “Residue”
Enat Sidi, “I Carry You With Me”
Chloé Zhao, “Nomadland”

Documentário (Prêmio concedido ao diretor e produtor)
“Collective”
“Crip Camp: Revolução pela Inclusão”
“Dick Johnson Is Dead”
“The Mole Agent”
“Time”

Prêmio Robert Altman (Dado ao diretor de um filme, diretor de elenco e elenco do conjunto)
“Uma Noite em Miami”

Prêmio Produtores (Homenageia produtores emergentes que, apesar dos recursos limitados, demonstram a criatividade, a tenacidade e a visão necessárias para produzir filmes independentes de qualidade)
Lucas Joaquin
Gerry Kim
Kara Durrett

Prêmio “Alguém para Ser Acompanhado” (Reconhece um cineasta talentoso de visão singular que ainda não recebeu o reconhecimento apropriado)
David Midell, diretor de “The Killing Of Kenneth Chamberlain”
Ekwa Msangi, diretora de “Farewell Amor”
Annie Silverstein, diretora de “Bull”

Prêmio “Mais Verdadeiro que a Ficção” (Concedido a um novo diretor de filmes de não-ficção que ainda não recebeu um reconhecimento significativo)
Cecilia Aldarondo, diretora de “Landfall”
Elegance Bratton, diretora de “Pier Kids”
Elizabeth Lo, diretora de “Stray”

Série Inédita ou Documentário sem Roteiro (Prêmio concedido ao criador, produtor-executivo e coprodutor-executivo)
“Atlanta’s Missing And Murdered: The Lost Children”
“City So Real”
“Immigration Nation”
“Love Fraud”
“We’re Here”

Série Inédita com Roteiro (Prêmio concedido ao criador, produtor-executivo e coprodutor-executivo)
“A Teacher”
“I May Destroy You”
“Little America”
“Small Axe”
“Nada Ortodoxa”

Performance Feminina em Série com Roteiro
Elle Fanning, “The Great”
Shira Haas, “Nada Ortodoxa”
Abby Mcenany, “Work In Progress”
Maitreyi Ramakrishnan, “Eu Nunca”
Jordan Kristine Seamón, “We Are Who We Are”

Performance Masculina em Série com Roteiro
Conphidance, “Little America”
Adam Ali, “Little America”
Nicco Annan, “P-valley”
Amit Rahav, “Nada Ortodoxa”
Harold Torres, “Zerozerozero”

Elenco em Série Inédita com Roteiro
“I May Destroy You”

LEIA MAIS: Faustão deve deixar a Globo no final do ano

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="741650" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]