BBB 22: Veja data da estreia, participantes e tudo o que se sabe do novo Big Brother Brasil

O BBB (Big Brother Brasil) 22 já tem data de estreia definido. A nova edição do programa está marcada para começar no di..

Redação - 01 de janeiro de 2022, 18:00

(Divulgação/Gshow)
(Divulgação/Gshow)

O BBB (Big Brother Brasil) 22 já tem data de estreia definido. A nova edição do programa está marcada para começar no dia 17 de janeiro de 2021. Confira tudo o que se sabe, sobre participantes, apresentadores, prêmios e a duração do maior reality show do país.

QUE DIA ESTREIA O BBB 22?

Depois da ascensão do BBB 21, vencido por Juliette, que também bombou muito devido à pandemia do coronavírus, existe MUITA expectativa do que está por vir.

A data da estreia está marcada para o dia 17 de janeiro de 2021. A data não tinha sido confirmada pela Rede Globo, mas o diretor Boninho revelou no Instagram antes da Globo confirmar oficialmente. Aliás, o pequeno Boni tem usado as redes para postar alguns spoilers do BBB, como imagens da casa.

A nova edição do Big Brother Brasil não terá tantos dias quanto o BBB 21, que foi o mais longo da história. Serão 95 dias de duração, contando um programa extra dois dias após o resultado da final. Ou seja, serão cinco dias a menos em relação maior confinamento da história do programa. Ou seja, já que o BBB 22 estreia no dia 17 de janeiro, o término deverá ser na segunda quinzena de abril.

QUEM SERÃO OS PARTICIPANTES DO NOVO BIG BROTHER BRASIL?

Fiuk, Juliette e Camilla de Lucas foram os finalistas do BBB 21. (Reprodução/TV Globo)

O que já está confirmado é que o BBB 22 terá, pela terceira vez, uma equipe de convidados. Ou seja, assim como na edição passada, serão dois grupos: Pipoca e Camarote. A princípio serão 14 participantes, mas nada impede que uma Casa de Vidro ou algum outro quadro acrescente mais pessoas no reality.

É claro que os anônimos são praticamente impossíveis de descobrir, mas já existe muita especulação sobre os famosos que serão convidados pela Globo.

De acordo com o colunista Leo Dias, do site Metrópoles, Diego Hypólito, Pedro Scooby e Sammy Lee são cotados para o reality show. A última é o principal destaque já que é a mulher de Pyong Lee, que já participou do Big Brother 20.

Os nomes mais fortes neste momento são de Diego e Sammy. A conta oficial do Big Brother Brasil deve revelar os participantes do BBB 22 no dia 11 de janeiro.

Mesmo que não dê pra adivinhar antes do tempo, existem outros convidados para o VIP que são bastante comentados nas redes sociais. Entre eles estão a influenciadora Mari Saad, a modelo e atriz Ellen Roche e a funkeira Mc Loma.

Boninho, diretor do BBB, já disse no Instagram que boa parte dos participantes do BBB 22 já estão confirmados.

MUDANÇAS NOS APRESENTADORES, MAS PRÊMIOS SEGUEM OS MESMOS

A princípio, os prêmios para os campeões serão os mesmos. O primeiro lugar do BBB fatura R$ 1,5 milhão enquanto o segundo colocado embolsa R$ 150 mil e a pessoa que ficará na terceira posição leva R$ 50 mil.

Duas grandes mudanças nos apresentadores vão interferir na dinâmica do BBB 22. Tiago Leifert deixou a Rede Globo após o fim do The Voice e o humorista Rafael Portugal deixa o quadro 'CAT BBB' por não ter topado o contrato de exclusividade. Portugal disse, nas redes sociais, que até o CAT do Big Brother Brasil era feito nas segundas-feiras e que a emissora gostaria de contar com ele todos os dias, mas ressaltou que ele tem outros projetos como o Porta dos Fundos e A Culpa é do Cabral.

Para fechar, o próximo BBB já tem recorde de faturamento. De acordo com o UOL, a Globo já garantiu pelo menos R$ 600 milhões de faturamento com as negociações de cotas. As Americanas, a Avon e a PicPay compraram as cotas "Big", que são consideradas as mais valiosas  pelo valor - R$ 91,9 milhões cada. Ainda resta uma cota dessa categoria.

Já a C&A, Heineken, P&G e Seara serão os patrocinadores das cotas "Anjo", como a Globo denomina a segunda linha de patrocinadores do BBB. Essas têm custo de R$ 69,4 milhões. Por fim, na última categoria de patrocinadores, chamada de "Brother", estarão a marca Above, de desodorantes, além de Engov, McDonald's e QuintoAndar - todas com custo de R$ 11,8 milhões cada. Os valores são de tabela cheia, mas as empresas geralmente têm descontos.