Bibi Perigosa vai à Justiça para tentar impedir Globo de reprisar ‘A Força do Querer’

Folhapress


A escritora Fabiana Escobar encaminhou, nesta terça-feira (21), uma petição à Justiça do Rio de Janeiro para tentar impedir que a Globo reprise a novela “A Força do Querer” (2017). Segundo ela, a emissora ainda tem pendências financeiras por ter usado sua história como inspiração para a trama.

Conhecida como Bibi Perigosa, Fabiana foi casada com um dos maiores traficantes cariocas. Uma paixão financiada pela venda de drogas e testemunhada em escutas e tocaias da polícia, que deu a ela alcunhas como “Rainha do Pó” e “Primeira-dama do Tráfico”. História que inspirou a novela.

O assessor de Escobar afirmou, no entanto, que a Globo ainda deve R$ 500 mil a ela, pela transmissão do folhetim em outros países, e um processo está andamento para definir o pagamento. Uma audiência conciliatória, que estava marcada para abril, chegou a ser suspensa devido à pandemia.

“Os direitos advindos do contrato realizado entre as partes não foi efetivamente cumprido, razão pela qual a continuidade ou a reprise da novela conforme divulgado nos meios de comunicação, sem que haja contrapartida em relação aos direitos autorais e conexos da demandante não deve ser permitido”, diz a petição.

Segundo o documento, a reprise afeta “sensivelmente os interesses comerciais e autorais já vilipendiados pela emissora”. Os advogados de Escobar ainda pedem que a Globo seja intimada a apresenta uma proposta conciliatória para o processo em andamento, diante da impossibilidade de novas audiências.

A novela, que passou em 2017, foi confirmada como a substituta de “Fina Estampa” (2010-2011), na faixa das 21h, enquanto “Amor de Mãe” permanece com as gravações suspensas devido à pandemia do novo coronavírus. Na trama, assinada por Glória Peres, Escobar é feita pela atriz Juliana Paes, 41.

Procurada, a Globo afirmou que não comenta casos em andamento na Justiça.

Previous ArticleNext Article