Billie Eilish domina Grammy 2020 e supera Taylor Swift; veja todos os vencedores

Redação

billie eilish grammy taylor swift vencedores

O Grammy 2020 foi de Billie Eilish. Ela levou os seis prêmios que concorria, superando a cantora Lizzo, que foi a campeã de indicações (oito) e quebrando recorde de Taylor Swift. 

A premiação foi realizada na noite deste domingo (26), em Los Angeles, e contou com homenagem a Kobe Bryant, um dos maiores jogadores de basquete de todos os tempos, que faleceu em um acidente de helicóptero.

Para fechar a noite história, Billie Eillish, aos de 18 anos (isso mesmo, ela nasceu em 2001) e nascida em Los Angeles, faturou os quatro prêmios mais importantes da música norte-americana: artista revelação, melhor álbum, melhor gravação e melhor música do ano.

Com isso, Billie se tornou a artista mais jovem da história a ganhar Álbum do Ano. Antes o recorde era de Taylor Swift, com Fearless, aos 20 anos. Além disso, ela se tornou a primeira mulher a conquistar todos os maiores prêmios de uma só vez.

Para se ter noção de tantas vezes que ela foi ao palco para ser premiada, ela se ateve a um simples “muito obrigada” no último prêmio.

Contudo, antes, Billie levou a premiação com bom humor. “Eles são a única razão pela qual estamos aqui, então muito obrigado aos fãs. Amo todos que estavam nessa categoria comigo. Conheço os fãs de vocês, eles amam vocês, vão te ajudar muito, e vão me xingar por anos por causa dessa noite”, brincou ela.

Por fim, seu irmão Finneas O’Connell também esteve presente durante o recebimento dos prêmios. Ele é produtor e trabalhou no álbum “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?”, assinado por Billie.

VENCEDORES DO GRAMMY: BILLIE EILISH DOMINA

Depois de fazer a performance de abertura do Grammy 2020, a cantora Lizzo ainda foi a primeira premiada da noite durante a cerimônia transmitida pela TNT, já que existe uma premiação prévia em relação a alguns prêmios.

Gravação do Ano: “bad guy” – Billie Eilish

Álbum do Ano: “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?” – Billie Eilish

Artista Revelação: Billie Eilish

Melhor Canção do Ano – “bad guy” – Billie Eilish

Melhor Performance Pop Solo: Lizzo – “Cuz I Love You” e “Truth Hurts”

Melhor grupo/duo country: Dan e Shay – Speechless

Melhor álbum de rap: Igor – Tyler, The Creator

Melhor Performance de Rap: “Higher” – DJ Khaled Featuring Nipsey Hussle & John Legend

  • Produtor não-clássico do ano: Finneas  – Billie Eilish
  • Melhor álbum de música urbana: Cuz I Love You (Deluxe) – Lizzo
  • Melhor videoclipe e melhor performance pop em grupo ou dupla: Old Town Road – Lil Nas X feat. Billy Ray Cyrus
  • Melhor álbum de trilha sonora: Nasce Uma Estrela – Lady Gaga & Bradley Cooper
  • Melhor filme musical: Homecoming – Beyoncé 
  • Melhor álbum falado: Becoming – Michelle Obama
  • Melhor performance de R&B: Come Home – Anderson Paak feat. André 3000
  • Melhor canção de R&B: Say So – PJ Morton feat. JoJo
  • Melhor álbum de R&B: Ventura – Anderson Paak 
  • Melhor álbum de pop vocal: When We All Fall Asleep, Where Do We Go? – Billie Eilish
  • Melhor álbum de música pop latina: #ElDisco – Alejandro Sanz
  • Melhor álbum latino de rock, música urbana ou alternativa: El Mal Querer – Rosalía
  • Melhor performance de rap: Racks in the Middle – Nispey Hussle feat. Roddy Ricch & Hit-Boy
  • Melhor canção de rap: A Lot – 21 Savage feat. J. Cole
  • Melhor performance de rock e Melhor canção de rock: This Land – Gary Clark Jr

Assista ‘bad guy’, de Billie Eillish:

Previous ArticleNext Article