Chaves deixará de ser exibido no SBT após 36 anos

O seriado Chaves não será mais exibido pelo SBT. A emissora paulista confirmou nesta sexta-feira (31) que não chegou a u..

Redação - 31 de julho de 2020, 15:00

Divulgação
Divulgação

O seriado Chaves não será mais exibido pelo SBT. A emissora paulista confirmou nesta sexta-feira (31) que não chegou a um acordo com a mexicana Televisa, detentora dos direitos.

O programa de TV, um dos mais queridos dos brasileiros, é exibido ininterruptamente há quase 36 anos pela emissora de Silvio Santos.

Em nota, o SBT informou que foi notificado pela Televisa.  De acordo com os mexicanos, existe um problema pendente com o titular dos direitos das histórias de Chaves.

Além disso, a decisão vale para os seriados Chapolin e Chesperito. Todas as criações são de Roberto Bolaños, que morreu em 2014.

Atualmente, o SBT exibia Chaves aos sábados, às 4h, e aos domingos, às 9h30. No entanto, o programa era considerado um curinga para a emissora paulista, que trocava com frequência os horários e a frequência de exibição.

CHAVES DEIXA DE SER EXIBIDO PELO SBT

Leia o comunicado da emissora sobre o desacordo com a Televisa.

"São Paulo, 31 de julho de 2020 - A partir deste sábado, 01 de agosto, o SBT deixará de exibir o seriado Chaves.

A informação chegou à emissora nesta última quarta-feira (29/07), por notificação da Televisa, emissora mexicana detentora dos direitos da obra produzida, na qual informa que a suspensão é devida a um problema pendente a ser resolvido com o titular dos direitos das histórias.

A exibição dos seriados Chaves, Chapolin e Chespirito estaria garantida até 31/07/2020, com possibilidade de renovação entre as partes, o que verbalmente havida sido confirmado. No entanto, a negativa em relação ao acordo com o grupo detentor de direitos intelectuais sobre as histórias, chegou a apenas poucos dias do fim do contrato.

O SBT lamenta a decisão, principalmente em respeito ao seu público, que acompanha fielmente os seriados há tantos anos na emissora.

A emissora continua na torcida para um acordo entre as duas empresas mexicanas o mais rápido possível e, se isto acontecer, teremos o prazer de informar aos fãs de Chaves, Chapolin e Chespirito, imediatamente."