Christiane Torloni celebra reprise de ‘Mulheres Apaixonadas’ no Viva

Folhapress


A atriz Christiane Torloni, 63, que está no ar em horário nobre com a reprise da novela “Fina Estampa” (Globo), terá mais um trabalho exibido na televisão. A trama de Manoel Carlos de 2003 “Mulheres Apaixonadas” chegará no canal Viva na próxima segunda-feira (24).

O título, que vai substituir “O Clone”, traz Torloni como a protagonista Helena, que vive um dilema ao reencontrar um amor do passado. Ela é casada com Téo, personagem Tony Ramos, e volta a se apaixonar por César, vivido por José Mayer.

Segundo a atriz, ter vivido uma Helena de Manoel Carlos foi um grande divisor na sua carreira. “É um papel icônico da teledramaturgia brasileira e foi uma grande honra interpretar essa personagem. As ‘Helenas’ de Manoel Carlos costumam ser heroínas trágicas, personagens profundamente humanas, repletas de grandes qualidades e péssimos defeitos, o que as torna muito comunicativas com o público”, comentou Torloni em nota divulgada pela emissora nesta quinta.

Christiane Torloni disse também que está vivendo um momento “muito lindo da carreira” e sua expectativa sobre a repercussão da trama no canal Viva é a melhor possível. Exibida em 2003 na Globo, “Mulheres Apaixonadas” gerou grande repercussão ao abordar assuntos como alcoolismo, maus tratos a idosos, violência contra a mulher, homossexualidade e desarmamento.

Além do drama familiar, a novela também explorou temas que geraram grande repercussão durante sua primeira exibição. Vera Holtz. Regiane Alves, Oswaldo Louzada, Helena Ranaldi e Dan Stulbach também atuaram na trama de Manoel Carlos.

“Mulheres Apaixonadas” também contou com a estreia de Bruna Marquezine e Carol Castro em novelas. Marquezine, com apenas 8 anos, viveu Salete. Na época, a atriz mirim conquistou o público, sendo elogiada principalmente nas cenas que pediam mais emoção.

Previous ArticleNext Article