Companhia de Dança resgata o lúdico no espetáculo “Memória de Brinquedo”

Francielly Azevedo e Assessoria

Na próxima quarta-feira (11), às 20h, a Curitiba Companhia de Teatro apresenta, no Sesc da Esquina, o espetáculo “Memória de Brinquedo”, uma mostra de dança contemporânea que celebra histórias, lembranças e sensações tecidas e criadas ao longo da infância. A mostra também ocorre no dia 14 de julho (sábado), no mesmo horário, no Teatro Sesi.

Criado e coreografado por Luiz Fernando Bongiovanni, com direção artística de Nicole Vanoni, o espetáculo busca incentivar a reflexão sobre o mundo tecnológico e a ludicidade. Neste trabalho, a Curitiba Companhia de Dança promove um resgate poético e um incentivo ao ato de brincar, apontado como uma atividade fundamental para o desenvolvimento físico e psicológico das crianças, de acordo com um apanhado de várias fontes, que vão desde a memória individual /coletiva da brincadeira e sua representação simbólica, até estudos recentes da neurociência.

“Esta é uma pequena colaboração, um incentivo, para que todos – pais ou não – ponderem a respeito do mundo que estamos construindo e, talvez, por meio dessa inspiração possam unir esforços para resguardar essa atividade vital do mundo infantil. Brincar é o pensamento da criança e é preciso inteligência e sensibilidade para promover esse espaço tão necessário”, explica Luiz Fernando Bongiovanni.

A mostra de dança investiga as relações do brincar a partir de memórias reais e ficcionais, por meio dos movimentos, fomentando e defendendo o resgate da brincadeira como etapa fundamental do desenvolvimento do indivíduo.


Após a mostra “Memória de Brinquedo” ocorrerá a apresentação especial dos alunos do Espaço Artístico Botânica, que ministra aulas de Balé e Jazz em Curitiba. Os ingressos estão à disposição com preços de variam de R$50 (inteira) e R$25 (meia-entrada).

Post anteriorPróximo post
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Repórter do Paraná Portal e Rádio CBN. Tem passagens pela TV éParaná, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina.
Comentários de Facebook