Conrado, da dupla com Aleksandro, passa por nova cirurgia e continua na UTI

O músico Júlio Cesar Bigoli Lopes, que viajava com a dupla, também permanece internado na UTI do hospital. Ambos estão lúcidos e estáveis.

Folhapress - 04 de junho de 2022, 15:00

(Reprodução/Instagram)
(Reprodução/Instagram)

O cantor Conrado, da dupla com Aleksandro, passou por uma nova cirurgia essa semana e continua na UTI após o acidente de ônibus que deixou seis pessoas mortas próximo à cidade de Miracatu (SP) no começo de maio.

Segundo a atualização divulgada nas redes sociais da dupla, João Vitor Moreira Soares, o verdadeiro nome de Conrado, passou por um procedimento na quarta-feira (1º) para fazer um enxerto nos ferimentos das costas. O artista continua internado na UTI do Hospital Regional de Registro, em São Paulo.

O músico Júlio Cesar Bigoli Lopes, que viajava com a dupla, também permanece internado na UTI do hospital. Ambos estão lúcidos e o quadro de saúde estável e evoluindo dia a dia, segundo a nota.

Leia a íntegra da nota divulgada pela produção dos músicos:

"João Vitor Moreira Soares e Júlio Cesar Bigoli Lopes seguem internados na UTI do Hospital Regional de Registro, em São Paulo, com quadro estável.

João está se recuperando do procedimento realizado na quarta-feira (01/06) no qual foi feito um enxerto nos ferimentos das costas. Júlio não passou por novas cirurgias nos últimos dias. Ambos estão lúcidos e evoluindo dia a dia.

Hoje (03.06) a psicóloga do HRR e a mulher de Júlio, Camila Lopes, contaram ao músico sobre as mortes dos amigos da equipe C&A e do primo, o roadie Giovani Gabriel Lopes dos Santos. Ele chorou muito, e pedimos a todos que o coloquem em suas orações para que Deus possa confortá-lo.

As famílias e a equipe CeA pedem a todos que se mantenham em oração para o completo restabelecimento de João e Júlio.

Ainda não há previsão de alta nos dois casos."

O ACIDENTE

Na manhã do dia 7 de maio de 2022, o ônibus da dupla sofreu um acidente na rodovia Régis Bittencourt, próximo à cidade de Miracatu (SP) na manhã deste sábado (7).

Conrado sobreviveu ao acidente de ônibus que deixou seis mortos, entre eles seu parceiro de dupla Aleksandro, e onze feridos.

Assim que foi socorrido, o cantor aparentemente apresentava ferimentos leves, mas passou por vários exames e precisou de uma cirurgia de urgência para controle de sangramento e correção cirúrgica de fratura na bacia.

Os cantores e a equipe haviam saído de Tijucas do Sul, Paraná, onde a dupla fez um show na noite anterior, e seguia com destino para São Pedro, São Paulo, para mais uma apresentação naquele final de semana. De acordo com a Polícia Federal Rodoviária, o pneu esquerdo estourou e o motorista perdeu o controle do veículo, que acabou tombando no canteiro central da pista.