Detonautas faz show em Curitiba nesta sexta com música contra o suicídio

Francielly Azevedo


Recentemente, Tico Santa Cruz, vocalista da banda Detonautas ajudou um fã, pelo telefone, a desistir de acabar com a própria vida.

“No momento de desespero o acolhimento, no sentido de ouvir o que a pessoa tem a dizer, é uma forma de diluir um pouco essa sensação de que as pessoas não têm mais solução. Porque na verdade, a pessoa que está pensando em acabar com a própria vida ela está procurando acabar com a dor que ela está sentindo. E todas as dores elas são transitórias. Quando você escuta o que a pessoa está falando, ela vai colocando para fora essa dor e vai percebendo que o tamanho que essa dor tem, talvez não seja o tamanho da necessidade de se acabar com a própria vida”, disse.

Foi nessa ocasião, que o músico teve a ideia de utilizar os shows do grupo para conscientizar o público sobre a importância de prevenir o suicídio. Diante disso, foi composta a música “Ilumina o Mundo”, em parceria com o Centro de Valorização da Vida.

Tico Santa Cruz acredita que é necessário discutir o tema com o público jovem e levar o assunto as grandes redes de comunicação. O artista, ressalta que a música pode ajudar as pessoas em momentos difíceis.

“A música ajuda. Não só essa música, mas muitas outras músicas do Detonautas tem esse viés. A gente já recebeu muitos feed backs de outros fãs, que estavam passando por momentos difíceis, e eu também já passei por momentos difíceis em que outras músicas, de outros artistas, de alguma maneira me trouxeram uma mensagem que naquele momento me trouxe uma luz. E a música tem o poder de penetrar no coração das pessoas”, avaliou.

O músico destaca que quem se propõe a ouvir o outro precisa fazer isso sem críticas. “A gente passa obviamente como personagem em uma história, no sentido de fazer uma escuta em um momento difícil que a pessoa estava passando. Mas a gente tem que tomar muito cuidado quando a gente se coloca na posição de ouvir alguém, porque a ideia é ouvir a pessoa e não fazer o trabalho de dar algum conselho ou dimensionar o que a pessoa está sentindo. O que a gente pode achar que é uma coisa exagerada para essa pessoa que está sofrendo, para ela pode ser uma coisa muito grande. Então, tem que ter muito cuidado para fazer esse tipo de acolhimento.

SHOW DETONAUTAS EM CURITIBA

O grupo carioca Detonautas Roque Clube se apresenta em Curitiba, nesta sexta-feira (13), no Tork ’n Roll. É a primeira vez que a banda vem a capital paranaense com o show do seu novo álbum intitulado “XI”.

“A gente tá preparando um repertório bastante amplo da carreira do Detonautas, porque as últimas passagens do Detonautas por Curitiba foram em festivais, então a gente teve o tempo reduzido. Dessa vez temos o tempo livre, o nosso show não tem um limite de tempo determinado. Vamos incluir no show músicas que não temos tocado nos shows que fazemos na turnê do álbum XI. Estamos preparando uma apresentação especial em Curitiba.

Os ingressos para o show desta noite estão disponíveis pelo site Ticket Brasil, e custam a partir de R$ 60 + 1 kg de alimento não perecível.

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.