Elisa Addor mistura samba e som regional nesta terça (5)

Guilherme Grandi

pássaros polícia ambiental

Com Metro Jornal

A cantora e compositora Elisa Addor vem à capital paranaense nesta terça (5) como a próxima atração do Samba de Bamba.

Sexta convidada do projeto, a artista deu início à sua carreira musical aos 17 anos de idade, quando cantava nos bares do Rio de Janeiro, na época em que havia um grande movimento de forró acontecendo na cidade.

O ano de 2001 marcou o início do trabalho com o samba, trajetória que, desde então, lhe rendeu uma indicação ao Prêmio da Música Brasileira deste ano, pela sua participação como cantora e compositora no CD “Farra dos Brinquedos”, além de ter vencido o concurso Jovens Bambas do Velho Samba, evento realizado pela Casa de Samba Carioca da Gema.

Atualmente, a artista comanda a roda de samba dominical do Semente e, como cantora, já gravou coro em discos de grandes nomes da música nacional, como Dona Ivone Lara, Tereza Cristina e Délcio Carvalho.

Em Curitiba, a carioca apresenta um show do seu primeiro CD, intitulado “Novos Tempos”, um trabalho retrospectivo de sua carreira, que mescla sucessos conhecidos a composições próprias.

Veja um dos trabalhos da cantora:

Elisa Addor contou ao Metro Jornal que artistas como Cartola, Paulinho da Viola e Nelson Cavaquinho sempre foram grandes inspirações para o seu trabalho. “Neste disco, tentei reunir parte do pessoal com quem eu fazia som, grandes amigos e músicos. Tem canções inéditas, composições minhas e de parceiros. É um disco puxado para o samba e para a música regional, mas eu o considero um CD de música brasileira”.

O álbum, que reúne 30 músicos como os novos compositores Edu Krieger e Rafael dos Santos, também é composto por canções clássicas de grandes nomes da música brasileira, como Gilberto Gil e Luiz Gonzaga.

Serviço:
Samba de Bamba apresenta Elisa Addor
Terça (5), às 20h, na Caixa Cultural
Rua Conselheiro Laurindo, 280, Centro
Ingressos a partir de R$ 10.

Previous ArticleNext Article