ESPN demite João Palomino e mais quatro jornalistas

Vinicius Cordeiro

espn joão palomino rescisão arnaldo ribeiro

A ESPN Brasil, canal esportivo na TV fechada, rescindiu contrato com cinco jornalistas no final da manhã desta quarta-feira (13). João Palomino, ex-narrador e que estava na vice-presidência de conteúdo da emissora, foi um deles. Além do executivo, os comentaristas Rafael Oliveira, Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi também se despedem da ESPN. Para fechar, Renata Netto completa a lista. A informação foi confirmada pelo UOL.

“A ESPN vive um processo de transformação e adaptação para atender aos fãs, acionistas e clientes de esportes em meio às constantes mudanças no consumo de conteúdo. A reformulação faz parte do planejamento da emissora para o próximo ano que seguirá apostando no conteúdo ao vivo e nos direitos esportivos de futebol, tais como Premier League e La Liga, além das ligas norte-americanas como a NFL, NBA, MLB, NHL entre outras”, disse a emissora em nota.

Entre os cinco, Palomino era quem trabalhava na empresa há mais tempo. Ele estava no início do canal, em 1995. Além de trabalhar em coberturas da Copa do Mundo e Jogos Olímpicos, ele participou de diversos programas da casa, como Linha de Passe e Bola da Vez.

Já Luciana Netto também começou com o canal na década de 90, mas saiu para trabalhar na Rede Globo e na Record. Seu retorno foi em 2001 e foi sendo promovida ao longo do tempo. Em 2010, tornou-se chefe de redação. Três anos mais tarde, virou gerente sênior de produção e coordenadora dos canais ESPN.

Globo divulga jornalistas que apresentarão Jornal Nacional até novembro

COMENTARISTAS

espn joão palomino rescisão arnaldo ribeiro comentaristas
Arnaldo Ribeiro durante o programa Linha de Passe. Foto: Reprodução / ESPN

Arnaldo Ribeiro chegou na ESPN em 2005, mas ficou marcado em um episódio de 2013. Ele foi afastado do canal por alguns meses no caso que resultou na demissão do jornalista Flávio Gomes. Na ocasião, ambos fizeram postagens polêmicas no Twitter sobre o jogo entre Portuguesa e Grêmio. A partida foi decidida com um pênalti duvidoso marcado pelo árbitro Jaílson de Freitas Macedo.

Já Rafael Oliveira era o mais jovem. Entrou na emissora em 2013, depois de passar pelo Esporte Interativo, e é figura presente no Futebol do Mundo, Bate-Bola e transmissões dos campeonatos europeus.

Por fim, Eduardo Tironi começou como editor-executivo, só que no Rio de Janeiro. Em 2014, foi transferido para São Paulo e atualmente participava de programas como Bate-Bola e Linha de Passe.

 

 

 

Previous ArticleNext Article