Adiado pela pandemia, Festival de Curitiba anuncia nova data para setembro

Angelo Sfair

festival de curitiba, nova data, pandemia, coronavírus, teatro, cultura, artistas

O Festival de Curitiba anunciou nesta sexta-feira (5) a nova data de início da 29ª edição. O evento deve ocorrer entre os dias 17 e 27 de setembro. Todas as atrações serão gratuitas e em espaços abertos.

Inicialmente previsto para ocorrer entre os dias 24 de março e 5 de abril, o maior festival de teatro da América Latina foi adiado devido à pandemia do coronavírus.

O evento é realizado desde 1992, sempre em uma data próxima ao aniversário de Curitiba. Conforme a organização, outras adaptações serão necessárias.

Ao anunciar o adiamento, há 12 dias da estreia, a organização do Festival de Curitiba pretendia replicar a programação em uma data posterior.

No entanto, devido à gravidade com que a pandemia do coronavírus se alastrou no Brasil, a agenda de apresentações culturais foi reduzida.

De acordo com a organização do evento cultural, a 29ª edição do festival será realizada apenas com artistas curitibanos. A única exceção será o show de abertura, com Emicida.

Assim, a edição especial do Festival de Curitiba acontecerá em 12 espaços abertos espalhados pela cidade. As atrações serão gratuitas.

Para apoiar os profissionais do teatro e da cultura, afetados pela crise econômica, serão contratados apenas atrações de Curitiba.

A data prevista – 17 a 27 de setembro – não é definitiva. Conforme a organização, serão observadas as recomendações das autoridades competentes e o embasamento científico.

Ao todo, estão previstas 120 atrações distribuídas pelos 10 dias de festival. A programação completa será divulgada em breve.

De acordo com a organização do Festival de Teatro, serão oferecidas três possibilidades àqueles que já haviam comprado ingressos:

Destinar o valor integral ou parcial aos profissionais que trabalharão na edição especial

Manter o valor investido nos ingressos para trocar por bilhetes na edição de 2021

Restituição integral, a ser devolvida até 31 de dezembro de 2020

Em nota, os diretores do Festival de Teatro, Leandro Knopfholz e Fabiula Passini, afirmam que tomaram a decisão depois de refletirem sobre os caminhos e consequências.

“Queremos realizar uma edição em que vamos celebrar com o público e com a cidade a retomada, o encontro e a alegria. Pretendemos também ser uma rede de amparo, apoio e estímulo para os artistas da cidade”, afirmam.

Previous ArticleNext Article