Filho de Bolsonaro critica mudança do Instagram: “intuito é barrar aqueles que rompem o sistema”

Vinicius Cordeiro


O vereador Carlos Bolsonaro (PSC) fez, nesta quarta-feira (17), críticas sobre as mudanças estudadas pelo Instagram. A empresa está deixando de exibir o número de curtidas e visualizações para os usuários do Brasil. Porém, de acordo com o parlamentar, a rede social está tentando bloquear as pessoas que tentam romper o sistema.

“Se isso for real saiba que o intuito é barrar o crescimento dos que pensam de forma independente, ou seja, aqueles que estão rompendo o sistema. Quem raciocina sabe o que isso significa”, disse ele.

“As justificativas usadas para não mostrar as curtidas no Instagram, como combate ao bullying e suas derivações são apenas a certeza de que seguem a cartilha ideológica “progressista”. Querem limitar o interesse da informação e criar manipulados como em todos os campos já sabidos”, completou o raciocínio em sua página no Twitter.

Depois disso, o vereador carioca ainda disse ser agradecido pela população ter escolhido seu pai, Jair Bolsonaro, como presidente. “No Brasil celebra-se o cerceamento de liberdades. Como cidadão sou extremamente grato à população em ter tornado Bolsonaro Presidente, ou seríamos “governados” por adoradores da ditadura Venezuelana. As bactérias estrebucham. Guerra dura e preço alto, mas sigamos!”, completou.

INSTA

O Instagram explicou que o objetivo é diminuir a disputa ou concorrências por likes. A empresa espera que ocultar o número de curtidas estimule os usuários a compartilharem conteúdos interessantes sem a preocupação com a repercussão em forma de likes. Além disso, a mudança não é necessariamente definitiva. Encarada como um teste, a retirada dos likes na exibição do feed é testada há quatro meses no Canadá.

LEIA TAMBÉM:

Previous ArticleNext Article