Filho de Elba Ramalho e Mauricio Mattar ganha processo contra maternidade no Rio de Janeiro

A maternidade Perinatal, do Rio de Janeiro, foi condenada a pagar R$ 40 mil de indenização a Luã Yvys Ramalho Kirk Matta..

Folhapress - 15 de outubro de 2020, 14:44

Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

A maternidade Perinatal, do Rio de Janeiro, foi condenada a pagar R$ 40 mil de indenização a Luã Yvys Ramalho Kirk Mattar, de 33 anos, e à mulher dele, Amanda Mezkta. O produtor musical é filho da cantora Elba Ramalho com o ator e cantor Mauricio Mattar.

O casal entrou na Justiça contra o centro médico porque, em julho, a instituição permitiu que os atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank usassem o serviço de uma fotógrafa profissional para registrar o parto do menino Zyan.

Eles alegam tratamento diferenciado, pois não tiveram permissão para fazer o mesmo.

"Estamos muito felizes de ter vencido o caso em primeira instância, porém como o processo ainda está em aberto e cabe recurso da maternidade, prefiro aguardar os desdobramentos do caso antes de falar à respeito novamente", disse Luã.

Consultada, a maternidade disse por meio de nota que pretende reverter a decisão.

"O departamento jurídico do Grupo Perinatal informa que trata-se de decisão de primeira instância da qual irão recorrer, obedecendo todos os tramites processuais", informou por meio de nota.

https://www.instagram.com/p/CCd8Kq3nJqu/?utm_source=ig_embed

O filho de Elba Ramalho alega que não recebeu o mesmo tratamento que a Maternidade Perinatal concedeu ao casal Bruno Gagliasso e Giovana Ewbank.