'Quem sabe a gente não se tromba', diz Galvão após Casagrande deixar Globo

"Quem sabe a gente num tromba nesse caminho e faz, de novo, alguma coisa juntos?", disse Galvão, um dos maiores companheiros do ex-comentarista da Globo.

Folhapress - 07 de julho de 2022, 09:44

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O narrador Galvão Bueno, um dos maiores companheiros do ex-jogador Walter Casagrande na televisão, gravou um recado para o parceiro. Casagrande fez um anúncio em vídeo nesta quarta-feira (6) comunicando a saída do Grupo Globo após 25 anos

"O vídeo de hoje é uma mensagem muito especial para um amigo muito querido, Walter Casagrande Júnior, o Casa, o Casão. Ele e a Globo hoje anunciaram que não estão mais juntos. Casão, eu me lembro muito bem da sua estreia, lá em Criciúma, Criciúma x Corinthians. De lá para cá, seis Copas do Mundo, Olimpíadas, Campeonatos Brasileiros, Libertadores, Mundial de Clubes. O pentacampeonato [da seleção] há exatos 20 anos", iniciou o narrador.

"Grandes momentos, muitas conquistas, alegrias, tristezas, entendimentos, desentendimentos, tudo que faz com que duas pessoas tenham prazer em trabalhar juntas. Eu sempre tive muito prazer de trabalhar com você. O que quero agora é que você esteja bem, feliz e pronto para encarar um novo caminho, que será como sempre de muito sucesso. Quem sabe a gente num tromba nesse caminho e faz, de novo, alguma coisa juntos? Casão, abraço muito forte, um beijo no coração."

A reportagem do UOL Esporte apurou com pessoas próximas ao comentarista que seu alto salário e seus comentários políticos sempre contundentes podem ter influenciado a decisão. Por isso a última frase de sua despedida foi "um alívio para os dois lados".

COMUNICADO DA GLOBO

"Como jogador, Walter Casagrande Júnior escreveu uma história importante dentro de campo: ídolo do Corinthians, onde foi protagonista da Democracia Corintiana, teve passagem pelo futebol europeu e também defendeu a seleção brasileira na Copa do Mundo de 1986. Fora dos gramados, a trajetória foi também de sucesso. Há 25 anos, ele exerce a função de comentarista, 24 deles na Globo. Um período marcado por grandes momentos, conquistas, emoções, superação e pela autenticidade, uma de suas marcas registradas. Em comum acordo, a parceria entre Globo e Casagrande chega ao fim, mas suas análises estarão para sempre marcadas no almanaque das transmissões de futebol da televisão brasileira."