Grazi Massafera confirma término com Caio Castro

Folhapress

Grazzi x Caio Castro

Grazi Massafera confirmou que o namoro com o ator Caio Castro terminou. “Meu relacionamento com o Caio chegou ao fim porque entendemos que era hora de seguirmos separados”, disse a atriz. “O que posso dizer agora é que encerramos com todo respeito à nossa história”.

Em entrevista à revista Ela, do jornal O Globo, Massafera falou também de outros assuntos, tais como o afastamento temporário das redes sociais, as aulas de cinema, feminismo e racismo que vem tendo, o recente posicionamento político, trabalho e também sobre os assédios que sofreu e os rótulos que querem atribuir a ela. “Cansei de ser Cinderela, sabe? Sou mais do que isso”, disse.

A artista descreveu a Larissa, de “Verdades Secretas” (Globo) como “uma catarse de um momento de indecisão artística. Ela conta que a personagem surgiu em um momento no qual estava decidino se deveria seguir ou não na carreira artística.

“Eu a construí com a maior humanidade possível. Fui até a cracolândia, conversei com várias pessoas e fiz diversos estudos no corpo para entender como agia cada droga que ela podia usar”, relembra, explicando como foi a construção da personagem: uma modelo usuária de drogas, que sucumbia ao vício. Ela acrescentou que não aceitou fazer a personagem novamente porque o ciclo de Larissa havia terminado.

“Ela teve início, meio e fim. Sei que a genialidade do Walcyr [Carrasco] vai além, e a segunda temporada poderia ser incrível. Mas é uma questão de maturidade de atriz, de ter autoestima e falar: ‘agora, quero ser só espectadora'”, pontuou.

Grazi conta que o carinho do público por ela surgiu no BBB, reality do qual saiu como vice-campeã da 5ª edição. Embora ela admita que no início “não era confiável como atriz”, ela sabe que atualmente o cenário mudou. “Hoje, conquistei uma torcida também pela personagem. Houve uma coisa estranha com a Larissa, porque ela atraiu o desejo dos homens, como fetiche. Certa vez, quando era solteira, estava flertando, e o cara disse: ‘A Larissa vem, né?’. Fiquei muda. Peculiaridades do ser humano”.

Ainda sobre trabalho, Massafera aproveitou para esclarecer uma frase que disse e, segundo ela, foi mal interpretada. Em julho, a atriz disse que deixaria a Globo em breve, mas ela esclarece que se referiu a “novos tipos de parceria que estão surgindo”. “O contrato de exclusividade só vai permanecer se for bom para os dois lados”, avaliou, emendando que, no momento, tem se dedicado aos cuidados com a filha, Sophia, 9, da união com o ator Cauã Reymond, que acabou em 2013.

“Na minha casa era proibido falar sobre o meu órgão genital, por exemplo, mas o meu irmão podia tocar [no dele]. Então, falo com ela sobre como tomar cuidado com o próprio corpo, sobre toques. Acho que ela está indo para um caminho especial. E o pai faz a parte dele. Tem toda uma parceria com o Cauã”, explicou a atriz ao falar sobre a garota.

A atriz contou ainda que vem se dedicando a aulas de racismo, femininismo e política social. Ela acrescentou que está se “estruturando internamente” para decidir que rumo dara à vida profissional. Massafera sentiu o desejo de estudar mais após uma conversa com a atriz Taís Araújo.

“Pela nossa história, entendemos a estruturação do racismo, os benefícios que nós, brancos, temos e a omissão sobre a escravidão. Estou estudando sobre eugenia também. Isso me causa náuseas e arrepios pelo corpo, de tamanha crueldade”, disse a artista.

Massafera contou que tem encontrado formas de lidar intuitivamente com o assédio. Ela relembrou o assédio que sofreu de um produtor casado, que após ser rejeitado, passou a boicotá-la profissionalmente. “Ainda estava amadurecendo como atriz, precisando de um auxílio, mas tive a infelicidade de lidar com esse tipo de gente”, lamentou, emendando que aprendeu a lidar de um jeito descontraído com a questão.

“Uma vez, estava indo para um trabalho numa van, e toda a equipe havia dormido, menos eu e um outro produtor. Ele, então, virou-se para mim e disse: ‘seus olhos brilham até no escuro’. Para cortá-lo, respondi com algo que minha mãe dizia quando eu era criança: ‘é verme'”, disse Massafera. “Eu naturalizava essas coisas. Hoje, não mais”.

Outra mudança apontada no perfil da atriz é o posicionamento em relação a questões políticas, mostrando uma postura crítica em relação ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “Não apoio um governo que não valorize questões de humanidade ou retroceda justamente nos aspectos que estou estudando”.

Ela diz ainda que sua relação com as redes sociais está mudando, revelando que chegou a sentir “asco” desse tipo de ferramenta, pensamento que vem mudando. “Não quero só me beneficiar financeiramente dessa ferramenta. Tem muita gente que me segue e, por isso, há uma responsabilidade. Eu não saí da rede, mas comecei a observar mais”.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="786601" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]