Gugu Liberato morre aos 60 anos após acidente nos Estados Unidos

O apresentador Gugu Liberato morreu aos 60 anos de idade, nesta sexta-feira (22), nos Estados Unidos. Ele havia sido int..

Vinicius Cordeiro - 22 de novembro de 2019, 21:11

Antonio Chahestian/Record TV
Antonio Chahestian/Record TV

O apresentador Gugu Liberato morreu aos 60 anos de idade, nesta sexta-feira (22), nos Estados Unidos. Ele havia sido internado ontem (21) em um hospital de Orlando, na Flórida, após sofrer um acidente dentro de casa. Ainda não está confirmada a causa da morte, mas a suspeita é de morte cerebral.

O boato de sua morte foi especulado desde às 18h desta quinta-feira (21), mas até então não havia sido confirmado. Diversos parentes foram aos EUA, inclusive a mãe do apresentador, Maria do Céu, que tem 90 anos.

De acordo com Amaury Jr., jornalista e também apresentador, Gugu sofreu uma queda de quatro metros e bateu a cabeça em uma quina de um móvel. O apresentador estava colocando enfeites de Natal na parte externa da casa, onde moram seus três filhos. João Augusto, de 17 anos, e as gêmeas Sofia e Marina, de 15 anos, presenciaram a cena. Entretanto, acabou caindo e bateu com a cabeça em uma quina e ficou em estado grave.

A TRAJETÓRIA DE GUGU

Gugu foi convidado por Silvio Santos para fazer parte do time do SBT no início da década de 80. Com 22 anos, iniciou sua carreira como produtor e apareceu na frente das câmeras com a Sessão Premiada, em 1981.

Ele se tornou apresentador do Viva a Noite, onde ganhou destaque. Em 1987, ele assina com a Rede Globo, mas não estreou pela emissora. Silvio Santos foi ao Rio de Janeiro e negociou o contrato de Gugu com Roberto Marinho, proprietário do Grupo Globo.

Na sua volta ao SBT, existe o boato que Gugu aumentou seu salário em 10 vezes. Ele apresenta o Passa ou Repassa e Cidade contra Cidade. Em 1993, ganha o Domingo Legal, seu maior sucesso. 

Em 2009, ele troca o SBT pela Record, onde inicia o Programa do Gugu e vai ganhar um salário de R$ 3 milhões. Em 2013, a Record rescinde o contrato, mas volta em 2015.

Ultimamente, ele comandou os programas Power Couple Brasil e Canta Comigo 2.