Inscrições para 38º Oficina de Música abrem nesta semana

Redação

oficina de música, inscrições abertas, curitiba, fundação cultural

A Fundação Cultural de Curitiba e o ICAC (Instituto Curitiba de Arte e Cultura) abrem nesta sexta-feira (18) as inscrições para a 38ª Oficina de Música de Curitiba, que acontece de 17 a 31 de janeiro de 2021. Em razão da pandemia de covid-19, as aulas desta edição serão on-line, em formato EAD.

As inscrições poderão ser feitas até 10 de janeiro pelo site da Oficina de Música, com a opção de se matricular como participante ou como ouvinte. Os alunos inscritos como participantes terão acesso às aulas transmitidas ao vivo por meio da plataforma Microsoft Teams, com possibilidade de interação entre alunos e professores. Os inscritos como ouvintes terão acesso às aulas gravadas por meio de link de acesso à plataforma Vimeo, em até 24 horas após a realização da classe ao vivo.

Mesmo sem cursos presenciais, a 38ª Oficina tem muitas novidades e inova nas possibilidades de interação entre alunos e professores. A relação de cursos se mantém, dividida em duas fases: música erudita e música antiga (de 17 a 23 de janeiro), e de música popular brasileira (de 24 a 31 de janeiro). Em 2021, a Oficina também celebrará o centenário de nascimento de um dos maiores expoentes da música latino-americana, o argentino Astor Piazzola.

INTERAÇÃO DURANTE AS AULAS DA OFICINA DE MÚSICA 

A edição virtual ofertará 73 cursos de instrumentos, regência, prática de orquestra, canto coral, entre outras modalidades, mas com maior número de professores. São no total 177 docentes, sendo 33 estrangeiros, em razão da maioria dos cursos contar com um professor anfitrião e outros convidados.

Em alguns cursos, mais de três professores estarão interagindo com a turma, com abordagem a diversos temas ligados à música e à prática musical. Os horários estão distribuídos de forma que os alunos possam participar ativamente de até três cursos e acompanhar como ouvintes um universo maior de discussões.

DIVERSIDADE E CONVIDADOS 

Alguns nomes confirmados dão uma ideia das novidades previstas para 38ª Oficina. Estarão participando como convidados os músicos Moisés Lima, violinista da Família Lima; Fábio Lima, violinista, multi-instrumentista e youtuber de Curitiba; Paulo Szot, cantor brasileiro ganhador do Grammy e solista do Metropolitan Opera de Nova York; Fábio Mechetti, regente da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, e até mesmo Babi Brasil, campeã brasileira de stand up paddle, que vai participar da classe de violino e conversar sobre treinamento de alta performance, fazendo um paralelo entre o esporte e a execução de um instrumento musical.

 

Previous ArticleNext Article