João Gilberto Tatára morre aos 73 anos após cirurgia para retirada de um tumor

O músico, compositor e poeta curitibano João Gilberto Tatára morreu aos 73 anos nesta terça-feira (21), segundo comunica..

Jorge de Sousa - 21 de abril de 2020, 19:27

Divulgação/Facebook João Gilberto Tatára
Divulgação/Facebook João Gilberto Tatára

O músico, compositor e poeta curitibano João Gilberto Tatára morreu aos 73 anos nesta terça-feira (21), segundo comunicado de seus familiares nas redes sociais do artista.

Tatára havia realizado uma cirurgia para retirada de um tumor na última segunda-feira (20). Ainda não há informações sobre horário e local do velório e enterro.

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca, lamentou em pronunciamento a morte do artista. "Músico curitibano e mestre de música. Boêmio e poeta. João Gilberto Tatára nos deixou hoje. Entrou para a eternidade após uma linda e longa trajetória de talento e inspiração".

Quem também se pronunciou em nota de pesar foi a presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro. "Ele nos deixa um grande legado. Foi um artista que soube valorizar os talentos curitibanos. Graças a ele, muitos deles puderam seguir uma carreira artística e desenvolver a sua arte”.

BARDO TATÁRA FEZ HISTÓRIA EM CURITIBA

João Gilberto Tatára foi o criador do Bardo Tatára, um dos principais redutos musicais de Curitiba. O local era sediado no bairro Água Verde e participou da formação de diversos músicos da capital paranaense por cinco décadas.

Em sua carreira, Tatára compôs mais de 800 canções, dois discos gravados e também publicou seis livros. O artista também foi um dos principais produtores de festivais musicais em Curitiba entre as décadas de 1970 e 1990.