Jorge Aragão recebe alta da UTI após internação por complicações pela Covid-19

Folhapress


O cantor e compositor Jorge Aragão, 71, recebeu alta nesta segunda-feira (19) da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de um hospital no Rio de Janeiro. De acordo com sua assessoria de imprensa, nos próximos dias ele poderá deixar o quarto e voltar à rotina normal. Seu quadro de saúde é estável.

O artista está hospitalizado há seis dias. Aragão deu entrada no hospital com quadro de pneumonia viral pela Covid-19. Desde então, encontrava-se em unidade de terapia intensiva sob monitorização contínua e cuidados específicos para a condição clínica, apresentando boa resposta ao tratamento.

Em 2018, Aragão foi submetido a um cateterismo e se recuperou tão bem que uma semana após o procedimento médico fez um show em São Paulo. “Vou cumprir a minha missão, que é animar a pla­teia. Montei um repertório que fará com que todo o mundo cante e se divirta em conjunto”, disse à época, antes da apresentação.

O artista carioca começou sua carreira nos anos 1970, como guitarrista em casas noturnas, mas tornou-se conhecido em 1977 quando Elza Soares gravou a canção “Malandro”, que ele compôs ao lado de Jotabê. Antes de se dedicar à carreira solo, Aragão fez parte da primeira formação do grupo Fundo de Quintal.

Previous ArticleNext Article