Kleber Mendonça Filho conta segredos das filmagens de ‘Bacurau’ e outros longas

Folhapress

Brasil fica de fora da disputa pelo Oscar de filme internacional

Antes mesmo de “Bacurau” estrear e se tornar um fenômeno no cinema nacional, o cineasta Kleber Mendonça Filho já vinha ganhando destaque com algumas das produções contemporâneas de peso, como “Aquarius”, de 2016, e “O Som ao Redor”, de 2012.

O livro “Três Roteiros”, que acaba de ser lançado, reúne não só o processo de construção do roteiro desses longas, como também a perspectiva de Mendonça por trás das câmeras de cada um deles.

Em entrevista ao TV Folha, o cineasta contou o que tinha em mente por trás de algumas cenas dos filmes e de alguns detalhes que talvez tenham passado despercebidos pelos espectadores, e afirmou que seus roteiros sempre são criados a partir de experiências muito particulares de sua vida.

“Eu não conseguiria escrever nada se não sentisse o que estou escrevendo, se não tivesse uma relação íntima e pessoal com aquilo”, disse ele. “E isso vale para todos os filmes que já escrevi.”

Previous ArticleNext Article