Locutor paranaense se recusa a tocar Pabllo Vittar e revolta fãs na internet

Ana Cláudia Freire e Francielly Azevedo

A pequena Itapejara D’oeste, de quase 12 mil habitantes, na região oeste do  Paraná, está no centro de uma polêmica envolvendo a cantora Pabllo Vittar.

O locutor da Rádio Panorama, Emerson Antunes, se recusou a tocar a músicas da artista, a pedidos de fãs.

O áudio da recusa do locutor viralizou nas redes sociais. “Pabllo Vittar, é isso mesmo? Pabllo Vittar não vai rolar não, hein. Vamos fazer o seguinte: troca aí por uma música boa, por um cantor bom, né? Nada contra o Pabllo Vittar, em hipótese nenhuma, mas sim contra as músicas que ele canta. Não vai rolar, essa eu vou passar”, disse Emerson ao vivo.

Logo depois Antunes afirmou aos ouvintes da rádio que não tocaria as músicas da Pabllo depois que “descobriu como ele (sic) se apresentava”.

“Rapaz, tem gente que gosta da Pabllo Vittar ainda? Tem né, se tem gente pedindo é porque tem ainda, né? Eu acho que vou morrer e não vou ver tudo. Uma vez eu até toquei aqui o tal do Pabllo Vittar, mas aí eu comecei a prestar atenção, por que eu não conhecia. Depois que eu descobri a forma que ele se apresentava, aí não rolou mais. Pabllo Vittar não adianta pedir, porque eu não vou.Nada contra o cantor, em hipótese alguma, mas a questão é que a vozinha dele não fechou”.

O Twitter virou palco de manifestações de repúdio à atitude do locutor. Internautas acusaram Antunes de intolerante e homofóbico.

 

Procurada pela reportagem, a Rádio Panorama informou que deve se posicionar oficialmente ainda nesta quinta-feira (12).

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista - Chefe de Redação do Paraná Portal