Marca Cris Barros no Pátio Batel

Angélica Fenley Belich

Transferida do ParkShoppingBarigüi – onde operou nos últimos cinco anos – a marca feminina Cris Barros abre as portas de sua nova loja em Curitiba, nesta terça-feira (16.04),  no Pátio Batel, no piso L2 do shopping. 

O novo espaço da marca carrega as mesmas características de suas coleções, unindo a feminilidade à atemporalidade.

Na loja de 200m², a harmonização de elementos naturais a ares contemporâneos, protagonistas do projeto assinado pela arquiteta Carolina Maluhy, é facilmente identificada na utilização de madeira no estado natural respeitando a sua forma orgânica (trabalhada pelo designer de mobiliário Pedro Petry, um dos precursores na pesquisa e utilização da madeira como linguagem no design), pedras de rio, granito e mármore dão um ar exclusivo e moderno. 

 

Tecidos também foram usados para a construção de alguns itens, como pêndulos e luminárias desenvolvidas em base cru pela designer Adriana Yazbeck e uma tenda de linho no fundo da loja faz as vezes de antessala criada para receber especialmente os itens numerados da linha Limited. 

Nas araras já está disponível as peças do recém lançado Capítulo 3 da coleção de Inverno 19 intitulada Gaia, figura da mitologia grega que representa a Mãe-Terra e símbolo homenageado nesta temporada. Pela primeira vez, a história da coleção é contada em capítulos:

Capítulo 1 – Ciclos e passagens

A vontade de unir mulheres vivendo momentos diferentes da vida gerou as imagens do capítulo 1: Ciclos e Passagens.

Da ligação genuína com a Mãe-Terra, nasce a estrutura da coleção sustentada por tecidos naturais como algodão, lã, seda e linho, bases leves que permitem fluidez e suavidade enfatizando a feminilidade. Desenhos inspirados na riqueza da tapeçaria artesanal são aplicados em diferentes modelos como vestidos, saias e macacões. A atmosfera vintage se encontra em forma de bordados em ponto cruz, delicados pingentes de camafeu, sapatos em crochet e botões com bordados em flores e cisnes. As rendas também são trabalhadas com desenhos desenvolvidos por um ateliê interno e usando técnicas artesanais.

Capítulo 2 – Liberdade e Movimento

O segundo capítulo, Liberdade e Movimento, explora a poesia da dança da vida, apresentando a linha Limited, formada por peças de produção limitada. Leveza é a característica intrínseca em cada um dos modelos. O movimento é evidenciado pelo macramê e outras franjas de seda, o romantismo contemporâneo pela renda, guipir e pelas delicadas aplicações florais em torno dos recortes. As pérolas aparecem aplicadas em cintos, saias, vestidos, tiaras e até nos detalhes de abotoamento, enriquecendo ainda mais as peças.

O Capítulo 3 – Registros e Memórias 

Este capítulo reflete sobre os momentos simples da vida que temos eternizado na memória para como os mais felizes e marcantes.

Para capturar a essência dos instantes genuínos, a marca apresenta flores e botões de trigos encapsulados em resina, peças que são usadas como botões e fivelas nos novos modelos de vestidos, blusas, calças e saias, até sapatos e acessórios. O trigo também tem sua imagem bordada e estampadas em peças delicadas, junto a outros prints de folhas e flores que remetem a natureza.

Em homenagem a Mãe-Terra, a estampa GAIA – tema central da coleção – foi desenhada a mão e aplicada em um manteaux em edição limitada.

 

Créditos fotos: Mariana Maltoni

CRIS BARROS

www.crisbarros.com.br

@crisbarrosofficial

Previous ArticleNext Article