Marcelo Yuka, fundador dO Rappa, está em estado grave em hospital no Rio

O músico Marcelo Yuka, 53, ex-baterista e fundador do grupo O Rappa, está internado em estado grave no hospital Quinta D..

Folhapress - 04 de janeiro de 2019, 21:12

Foto: Reprodução Facebook - Marcelo Yuka
Foto: Reprodução Facebook - Marcelo Yuka

O músico Marcelo Yuka, 53, ex-baterista e fundador do grupo O Rappa, está internado em estado grave no hospital Quinta D'Or, na zona norte do Rio de Janeiro. A informação foi confirmada à reportagem por Geraldinho Magalhães, empresário do artista, segundo quem Yuka está em coma induzido. Ainda não há informações sobre os motivos da internação.

Paraplégico desde 2000, quando foi atingido por nove tiros ao tentar impedir que bandidos assaltassem o carro de uma mulher na frente do seu, no Rio, Yuka acumulou problemas de saúde nos últimos anos. Em agosto de 2018, ele sofreu um AVC (acidente vascular cerebral) e ficou internado por algumas semanas.

Na tarde desta sexta-feira (4), notícias sobre a morte do músico tomaram redes sociais e sites após o produtor do Planet Hemp, Marcelo Lobatto, publicar uma foto em sua conta no Instagram sugerindo uma despedida do amigo. "Valeu Yuka! Obrigado por tudo! Sentiremos eternamente a sua falta", ele escreveu.

Yuka criou sucessos como "Pescador de Ilusões" e "Minha Alma (A Paz que Eu Não Quero)", do grupo O Rappa, que fundou em 1993 e do qual foi expulso em 2011, após brigar com os demais membros.

Em 2017, ele lançou seu primeiro álbum solo, "Canções para Depois do Ódio", mesclando ritmos afro-brasileiros e dub.