Exposição mostra arte feita em azulejos por renomado jornalista curitibano

Guilherme Grandi


A mostra de painéis de azulejos artesanais “Superfície Livre”, com obras dos ceramistas Gladimir Nascimento, Tuca Sopchenski e Flávia Melara, está aberta no estúdio Morphine desde a semana passada.

Os painéis de azulejos e outras intervenções dos artistas são um show room provocativo para arquitetos e construtores, considerando o contexto do desestímulo à criação de superfícies criativas da azulejaria artesanal do Brasil, em função de um “mito” do alto custo.

Com Superfície Livre, o artista gráfico, cartunista, ilustrador e tatuador Marco Jacobsen abre a sala de exposições do estúdio de arte e tatuagem Morphine, nas Mercês.

Expositores:
Gladimir Nascimento é jornalista e há três anos passou a se dedicar à cerâmica. É devoto da obra de Athos Bulcão, mais pratica formas mais orgânicas, inspiradas na água e no fogo.

Tuca Sopchenski é ceramista há 15 anos, conhecida principalmente pelo seu trabalho em raku, a técnica japonesa de retirada das peças do forno no auge da temperatura (940 C) e imersão imediata em serragem ou outro material que se inflame.

Flávia Erni Melara é formada em Design de Produto. Há dois anos realiza projetos autorais, em que mescla seu conhecimento de design com o “feito à mão”.

Serviço:
Exposição “Superfície Livre”, com Gladimir Nascimento, Tuca Sopchenski e Flávia Erni
Em cartaz no Morphine Estúdio de Arte e Tatuagem
Av. Manoel Ribas, 391, Mercês
41 99961-4842

Previous ArticleNext Article