Covid-19: Morre aos 73 anos o compositor Aldir Blanc

Redação

Lei Aldir Blanc é aprovada pelo Senado e segue para sanção de Jair Bolsonaro

Morreu na madrugada desta segunda-feira (04), o compositor e um dos mais importantes letristas brasileiros, Aldir Blanc.

O artista tinha 73 anos e é mais uma  vítima da pandemia da Covid-19. Ele estava internado em um hospital particular no Rio Janeiro, desde o dia 15 de abril.

Aldir Blanc teve exames confirmados para coronavírus, depois de dar entrada em um outro hospital com pneumonia e infecção urinária.

Aldir é autor de canções que ficaram eternizadas pelas parcerias e interpretações como o “Bêbedo e o Equilibrista”, canção de protesto durante a ditadura militar, eternizada pela voz de Elis Regina. Ele também é o autor de “Mestre-sala dos Mares”, “Dois pra Lá, Dois pra Cá”, “Bala com bala”, dentre outros clássicos da música brasileira.

Ainda não há informações sobre o velório do compositor.

 

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="696786" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]