Pablo Vittar dispara contra transfobia após desculpas de Marília Mendonça

Redação

marília mendonça pablo vittar transfobia

A cantora Pablo Vittar disparou contra a transfobia,  Marília Mendonça pediu desculpas após ser acusada de transfobia em sua live realizada neste domingo (9). A polêmica se deu por um comentário de deboche da classe, dizendo que o tecladista teria beijado “a mulher mais bonita da vida dele” em um clube LGBT de Goiânia.

“O ano é 2020 e ainda tem gente que acha engraçado fazer piada transfóbica!”, comentou Pablo Vittar sobre a polêmica.

O comentário de Marília Mendonça foi em uma suposta brincadeira com os músicos da banda, referindo-se a uma das histórias do tecladista. “E aí não vou falar quem e nem vou falar o porquê, vou ficar calada. Quem lembra da boate Diesel, lembra da boate Diesel. Disse… que lá foi o lugar que ele beijou a mulher mais bonita da vida dele. É só isso. O contexto vocês não vão saber”, disse Marília, debochando da história.

MARÍLIA MENDONÇA PEDIU DESCULPAS

Antes do comentário de Pablo Vittar, Marília já tinha pedido desculpas por meio do seu Twitter.

“Pessoal, aceito que fui errada e que preciso melhorar. Mil perdões. De todo o coração. Aprenderei com meus erros. Não me justificarei”, publicou ela na manhã desta segunda-feira (10) após o episódio.

O comentário transfóbico na live, no entanto, foi muito repercutido. A modelo e youtuber Bruna Andrade fez um vídeo intitulado “Marília Mendonça e a transfobia explícita”, para abordar o assunto.

Previous ArticleNext Article