Prelúdio da Solidão: Duo de voz e piano revisita 90 anos de canções brasileiras

Fernando Garcel

Duo de voz e piano, Juliana Amaral e Gustavo Sarzi, se apresentam no Teatro Paiol nesta quinta-feira (18), a partir das 20 horas, com repertório que revisita 90 anos de canções brasileiras passando por Heitor Villa Lobos, Mario de Andrade, Nelson Cavaquinho, Milton Nascimento, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Paulinho da Viola, Francis Hime, Douglas Germano, entre outros. Os ingressos custam R$ 40* e R$ 20 (* na compra de 01 inteiro, leva + 01) e estão disponíveis na Capela Santa Maria e bilheteria do Teatro Paiol.

Nos espetáculos, as canções são intercaladas a trechos da prosa de Jung, Nietzsche, Antonio Maria e Guimarães Rosa, para dizer da solidão em seu diverso: urbano, amoroso e temporal. O projeto é estruturado de modo que todos os seus componentes – repertório, roteiro, cenário, figurino, iluminação, movimentação cênica – dialoguem entre si, formando um amálgama único.

Essa unidade precisamente construída permite que as performances de Juliana Amaral e Gustavo Sarzi sejam agentes aglutinantes e catalizadores da canção: música, texto, voz e gesto ao mesmo tempo e à serviço da palavra cantada.

Roteiro

  1. Prelúdio nº 3 – Heitor Villa Lobos, Hermínio Bello de Carvalho
  2. Viola quebrada – Mário de Andrade, Ary Kerney
  3. Luz negra – Amâncio Cardoso, Nelson Cavaquinho
  4. Só solidão – Tom Zé
  5. Trecho de “A terceira margem do rio”, de João Guimarães Rosa
  6. A terceira margem do rio – Caetano Veloso, Milton Nascimento
  7. Poema “O Solitário” de Friedrich Nietzsche
  8. Peter Gast – Caetano Veloso
  9. Bala perdida – Douglas Germano, Marcia Fernandes
  10. Trecho de “Canção de Homens e Mulheres Lamentáveis”, de Antonio Maria
  11. Por um amor no Recife – Paulinho da Viola
  12. Saudades dos aviões da Panair (Conversando no bar) – Milton Nascimento, Fernando Brant
  13. Trecho de “Carta a Mondrian”, de Ligia Clark
  14. Ferida do tempo – Francis Hime, Gianfrancesco Guarnieri, Heron Coelho
  15. Trecho 283 da Autobiografia sem Factos, Livro do Desassossego, de Fernando Pessoa
  16. Lindonéia – Gilberto Gil, Caetano Veloso
  17. Eleanor Rigby – John Lenon e Paul McCartney

Previous ArticleNext Article