Roberto Küster fará show em Curitiba no mês de junho

A apresentação está programada para o dia 11, sábado de véspera do Dia dos Namorados, no Museu Oscar Niemeyer (MON).

Redação - 01 de junho de 2022, 13:59

(Foto: Reprodução/Globoplay)
(Foto: Reprodução/Globoplay)

O cantor paranaense Roberto Küster fará um show em Curitiba no mês de junho. A apresentação está programada para o dia 11, véspera do Dia dos Namorados, no Museu Oscar Niemeyer (MON).

O show vai reunir faixas do álbum 'World by a Six String', músicas lançadas durante a pandemia e canções inéditas que serão gravadas em 2022. A playlist inclui, ainda, músicas das bandas de Folk, Indie Rock e Pop Rock, como Coldplay e John Mayer.

A apresentação tem início às 19 horas, no Auditório Poty Lazzarotto. Os ingressos são gratuitos mediante reserva pelo WhatsApp: (41) 99984-2070 e (42) 98842-2705. 

Roberto Küster é de Guarapuava e ficou conhecido por participar do programa The Voice Brasil. Após o reality show, o cantor e compositor gravou o primeiro álbum, com 10 músicas autorais. O disco foi produzido na Itália e nos Estados Unidos.

Durante a pandemia, ele gravou três novas músicas e divulgou elas em plataformas de áudio e nas redes sociais. Passado o momento de maior restrição causada pela Covid-19, Küster irá apresentar as composições ao vivo. “Não vejo a hora de apresentar meu trabalho da melhor maneira: perto da plateia. É uma alegria voltar a ter esse ‘olho no olho’ com o público, que me acompanhou nos últimos dois anos apenas virtualmente. O show em Curitiba é parte de um recomeço, que é a retomada da agenda de shows”, comemora.

ROBERTO KÜSTER GRAVARÁ MÚSICAS EM FAZENDA

Roberto Küster irá, ainda, gravar músicas em uma fazenda da família, onde será montado um homestudio, na própria cidade de Guarapuava.

A proposta é aproveitar os recursos tecnológicos disponíveis, que permitem produzir músicas de altíssima qualidade, de forma experimental. A inspiração veio após Billie Eilish ser premiado no Grammy Awards 2020 na categoria Melhor Álbum, gravado em um homestudio.

“Foi mais uma prova de que é possível produzir algo tecnicamente bem feito em um estúdio montado em casa. Além do caráter de pesquisa e estudo, isso vai me permitir realizar o sonho de gravar no meu lugar favorito, em meio à tranquilidade do campo, com os sons da natureza, lareira, fogão à lenha e tudo mais. O ambiente tem tudo a ver com o meu trabalho, que tem como marca a suavidade de uma produção musical mais orgânica”, diz Küster.