Sean Connery, o eterno James Bond dos cinemas, morre aos 90 anos

Redação

sean connery, sean connery morreu, 007, o nome da rosa, os intocáveis, indiana jones, ator escocês, bahamas, bbc, cinema, oscar, bafta, globo de ouro

O ator britânico Sean Connery morreu neste sábado (31), aos 90 anos de idade, enquanto dormia em sua casa nas Bahamas. O ator é mundialmente conhecido por ter sido o primeiro intérprete nos cinemas do icônico agente secreto James Bond, da franquia 007.

A informação da morte foi confirmada pela família do ator à rede britânica BBC. As causas não foram informadas.

Ao longo de seis décadas de carreira, Sean Connery deu vida a 94 papéis. Nas décadas de 60, 70 e 80, ele atuou em seis filmes do 007. Também protagonizou O Nome da Rosa, de 1986, e Indiana Jones e a Última Cruzada, em 1989.

Em 1988, o ator ganhou o Oscar de melhor ator coadjuvante pela atuação no drama Os Intocáveis, de Brian de Palma. Ele também foi premiado três vezes no Globo de Ouro e outras duas vezes no Bafta, totalizando 30 prêmios ao longo da carreira.

No ano 2000, Sean Connery foi recebido pela rainha Elizabeth II, que lhe concedeu o título de cavaleiro da Ordem Britânica.

Previous ArticleNext Article