“Star Wars: Os Últimos Jedi” estreia com muita ansiedade pelos fãs

Guilherme Grandi


Com Band.com.br

Como todo episódio do meio em uma trilogia, Star Wars: Os Últimos Jedi serve mais para conduzir uma história maior do que para resolver em si a trama. Não que o filme escrito e dirigido por Rian Johnson não tenha começo e fim. Mas, no final das contas, apenas cumpre o papel obrigatório de um segundo filme numa trilogia, ou seja, tentar manter o interesse até o capítulo realmente conclusivo.

No longa, Rey (Daisy Ridley) pede para que o bom e velho Luke Skywalker (Mark Hamil), que estava vivendo numa ilha isolada, a treine como Jedi. Enquanto isso, Leia (Carrie Fisher) tenta acender “uma fagulha de esperança” no universo dominado por forças do mal.

Os Últimos Jedi é sobre o embate entre tradição e modernidade, sobre o novo substituindo o veterano. O mais interessante é como esses conflitos estão no próprio filme. Toda vez que o diretor Johnson tenta levar seu longa para um lugar diferente, uma certa Força o traz de volta para a mitologia de Star Wars.

Veja o trailer do filme:

Veja os horários de exibição nos cinemas.

Previous ArticleNext Article