Titãs fazem show em clima de celebração pelos 20 anos do álbum Acústico MTV

Tony Belloto, Sérgio Britto e Branco Mello, os três remanescentes originais do grupo Titãs, apresentam neste sábado (29)..

Metro Jornal Curitiba - 29 de junho de 2019, 07:00

Tony Belloto, Sérgio Britto e Branco Mello, os três remanescentes originais do grupo Titãs, apresentam neste sábado (29) a partir das 20h30, na Ópera de Arame, o projeto “Titãs Trio Acústico”. O show é realizado em comemoração aos 20 anos do álbum “Titãs Acústico MTV” e tem como diferencial o clima despojado e intimista. Os ingressos variam de R$ 90 a R$ 260 e podem ser adquiridos no Disk Ingressos.

Entre as canções, o trio conta histórias e troca ideias com os fãs. “É um espetáculo diferente, que tem essa qualidade especial de conversarmos com o público e falarmos sobre a carreira, sobre como as músicas foram criadas”, disse Tony Bellotto ao Metro Jornal.

O show é dividido em diferentes momentos, que incluem performances individuais de cada um, apresentação conjunta do trio, além da participação de Mário Fabre e Beto Lee. Tudo dentro de um clima acústico, apenas com violões, piano, guitarra

acústica e contrabaixo.

É dessa maneira que o grupo relembra os sucessos do “Titãs Acústico MTV”, disco que teve mais de dois milhões de cópias vendidas desde o lançamento, em 1997, e cuja turnê comemorativa vinha sendo cobrada pelos fãs desde 2017 – quando completou 20 anos.

“Foi um disco de muita importância para o rock brasileiro, para a indústria fonográfica e para nós. Foi um sucesso estrondoso”, diz Tony. “Mudou a maneira como nos percebiam. Antes, éramos vistos como uma banda de som pesado. Com um acústico criativo, com orquestra, com instrumentos diferentes, como a harpa, as pessoas passaram a conhecer melhor nossas músicas. colocou a gente em outro patamar.”

Além das canções desse disco, o trio – que completa 37 anos de trabalho juntos, nos Titãs – também interpreta clássicos de sua trajetória, como “Epitáfio”, “Enquanto houver sol” e “Porque eu sei que é amor”. A abertura (às 20h30) e o encerramento ficam por conta do Kadu Lambach Trio, que se apresenta no Ópera Arte.