Uma mulher disputa a presidência do Santa Mônica Clube de Campo

Pedro Ribeiro


A cada dia a mulher vem assumindo posições de destaque na sociedade, buscando seu espaço nos setores empresariais, políticos, governo, religiosos, sistema judiciário, entidades classistas, entre outros, mostrando capacidade e igualdade com as pessoas do sexo oposto.

Em Curitiba, a pós-graduada em Educação Especial, Clarenz Inez Venturin Ishikawa, 56 anos, lidera chapa, com a participação de outras 11 mulhes, para disputar a presidência do Clube Santa Mônica, uma das mais tradicionais sociedades da capital.

As eleições serão realizadas no dia 27 de setembro e deverão participar do pleito, a maioria dos quase cinco mil sócios. Hoje, muitos sócios acabaram ficando inadimplentes em função da pandemia do coronavírus.

“Recebi o convite para participar da chapa Renovação com Transparência, pois os idealizadores da mesma tem a convicção de que, para renovar, se faz necessária a mudança de paradigmas, iniciando pela liderança e a participação feminina no cenário político do clube”, pontua a candidata. “Nossa chapa foi constituída por sócios que representam diferentes setores do clube e se integram como um todo”, afirma.

O Paraná Portal entrevistou a candidata. Acompanhe sua posição:

Paraná Portal: O que você acha da mulher na política?

Penso que a mulher sempre teve participação na política de forma direta ou indireta. Atualmente os espaços conquistados denotam maior relevância para as lideranças em vários setores de empresas, no governo, em associações.

Paraná Portal: Como você vê o avanço da mulher no mercado de trabalho?

A mulher está no mercado de trabalho nas mais diferentes funções ao longo da história. Entendo que nós mulheres possuímos potencialidades e habilidades para atuarmos nas diversas áreas e competência conforme as exigências que a sociedade nos impõe. E a conquista se dá pela nossa atuação, o respeito e a valorização.

Paraná Portal: Como você avalia o alto índice de violência contra a mulher?

As mulheres são vítimas de violência, discriminação ede discursos de ódio apenas pelo fato de serem mulheres. Elas não são um produto, objeto de uso, descartáveis, desta forma acredito que a violência contra as mulheres está pelafalta de respeito e de dignidade,enquanto ser humano.

Paraná Portal: Como você avalia o movimento das mulheres na Bielorussia?

Esse movimento mostra a força da mulher que está tomando o espaço legítimo na sociedade e na política. Este é um movimento mundial e que desponta em várias partes do mundo independente do regime político adotado.

Paraná Portal: qual o seu grande projeto para o Santa Mulher?

No espaço de um clube, o projeto Santa Mulher tem um olhar e uma escuta para a feminilidade e que revela a sua atuação enquanto empreendedora, administradora, dinâmica, sensível aos outros, perceptiva, que planeja ações em prol da coletividade e equidade, sem esquecer da sustentabilidade, tão necessária na sociedade.

Paraná Portal: Pela primeira vez na história do clube Santa Mônica uma mulher que pode assumir a presidência. Como você vê essa possibilidade?

Os desafios são muitos, entre eles é olhar o clube numa coletividade, em sua grandeza e trazer a especificidade, as diferenças de cada setor sem perder a essência deste. São desafios: financeiros, culturais, de gestão, de administração do espaço, dos colaboradores, dos sócios, prestadores de serviços e dos comodatários. Precisamos modernizar a gestão do clube e modernizar o clube.

De que forma uma administração com maior participação feminina pode fazer diferença nesse momento?

A participação feminina na administração se dá de diferentes formas, o diferencial está em ouvir o sócio,(que é próprio do perfil feminino),analisar e viabilizar suas necessidades de acordo com as possibilidades do setor.

Quais as primeiras medidas da gestão assim que assumir o clube?

Acredito que das muitas ações de gestão, o diagnóstico da real situação do clube, quanto as obrigações financeiras, estrutural, a participação dos sócios nos diferentes setores do clube, bem como dos colaboradores. Após, a realização de um planejamento das ações para curto, médio e longo prazo. Neste período, os sócios de cada setor estarão integrados contribuindo com ideias, sugestões e soluções para os possíveis problemas. Outro ponto importante é o planejamento a longo prazo, que deve ser independente da gestão, para que as medidas aprovadas numa gestão, possamos dar continuada em outra, desde que viáveis.

Paraná Portal: Hoje se fala muito em compliance. A senhora vai aplicar?

A ideologia da chapa está baseada no próprio Estatuto do clube,assim trazemos a Renovação e Transparência, que no momento atual,pede a modernização na administração, a prestação de contas das ações efetuadas pelos gestores e investimentos na área esportiva e de lazer. Assim, podemos verificar e atuar nas prioridades e investir nas necessidades cumprindo as normas legais do estatuto. Palavras de ordem da nossa gestão estão para ouvir, transparência, renovação, coletividade, equidade, sustentabilidade, planejamento.

Paraná Portal: Assim como o clube Santa Mônica, muitos sócios tiveram dificuldades financeiras nesse período de pandemia. A próxima gestão tem uma estratégia para resgatar os sócios que ficaram inadimplentes nesse período? (alguns são sócios há décadas)

Trazer o sócio que devido a pandemia teve a necessidade de realizar cortes financeiros, e que neste momento encontra-se inadimplente é de fundamental importância para o clube. Propostas estudadas e que viabilizem o retorno destes ao clube acertando suas pendências

Paraná Portal : Com a pandemia, a sociedade de forma geral foi obrigada a fazer uma revisão de valores, uma revisão das relações e passou a valorizar mais a convivência social e o contato com a natureza. Passado esse momento mais delicado, qual é a expectativa da gestão para o clube?

O clube Santa Mônica possui valor inestimável que são as relações interpessoais e com a natureza. A necessidade e o valor dessas relações nos diferentes espaços do clube podem e devem ser ressignificados dando a importância para as diferentes faixas etárias seja na formação de atletas,nos atletas,no lazer, em eventos e encontros.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal