5 clássicos da literatura adaptados para o cinema

Com Metro MaringáO cinema anda de mãos dadas com diversas outras artes, como a literatura, a música e a fotografia, além..

Mariana Ohde - 12 de outubro de 2016, 08:00

Com Metro Maringá

O cinema anda de mãos dadas com diversas outras artes, como a literatura, a música e a fotografia, além, é claro, do teatro. Essa convergência de diversas manifestações faz com que a sétima arte seja a "menina dos olhos" de muitos amantes das produções culturais.

A literatura, especificamente, traz muitas contribuições para o cinema. Vários blockbusters e clássicos já foram adaptados das páginas dos livros para as telonas - entre eles, Harry Potter, Jogos Vorazes e muitos dos filmes de heróis da Marvel e DC.

O Metro de Maringá listou cinco livros que receberam ótimas adaptações para o cinema.

Confira:

Ensaio Sobre a Cegueira 

Romance escrito pelo ganhador do Nobel de Literatura José Saramago e publicado em 1995. O livro ganhou sua adaptação para o cinema em 2008, com direção do brasileiro Fernando Meirelles. Na história, uma doença contagiosa deixa as pessoas cegas e os infectados são isolados da sociedade. A fotografia do filme tende para o branco, o que passa a impressão de uma cegueira compartilhada entre espectadores e personagens - que, ao perderem a visão, enxergam apenas essa cor.

ensaio sobre a cegueira

Laranja Mecânica

Romance de Anthony Burgess, publicado em 1962, foi adaptado por Stanley Kubrick em 1971 e se tornou um dos grandes clássicos da sétima arte. A narrativa se passa em uma Inglaterra futurista e conta a história de Alex e seus "drugues" - uma espécie de gangue. A história, violenta, conta com uma trilha sonora de peso, baseada no compositor Ludwig van Beethoven.

laranja mecanica

O Carteiro e o Poeta

O livro de Antonio Skármeta foi publicado em 1982, intitulado "O Carteiro de Pablo Neruda", e ganhou adaptação para o cinema em 1994, com direção de Michael Radford. A comédia dramática se passa na Itália, onde o poeta Pablo Neruda recebeu asilo após sofrer perseguições políticas. Lá, ele consolida uma forte amizade com um humilde carteiro.

o carteiro e o poeta

V de Vingança

Adaptação dos quadrinhos de Alan Moore e David Loyd, publicados entre 82 e 83. O filme ganhou o cinema em 2005, com direção de James McTeigue. A história se passa em 2020, na Inglaterra tomada por um governo totalitário. Opositores políticos e outros grupos são caçados pelo governador Adam Sutler. Em meio ao terror, o personagem principal, chamado de V, planeja uma reação.

v de vingança

O Nome da Rosa

Romance do italiano Umberto Eco adaptado para as telonas em 1985, com direção de Jean-Jacques Annaud. A narrativa acontece em 1327 e conta a história de um monge franciscano e um noviço que chegam a um mosteiro no norte da Itália, onde assassinatos em série estão acontecendo.

o nome da rosa