63 mil candidatos vão fazer o Enem em Curitiba neste domingo

Mariana Ohde


A primeira fase do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontece neste domingo (5). A prova será aplicada, no Paraná, para 287.828 participantes, em 88 municípios – o número representa 4,2% do total de 6,7 milhões de inscritos. Em Curitiba, 63.036 pessoas confirmaram a inscrição no Enem deste ano.

O número total de inscritos em 2017 é 31% menor do que o do ano passado. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pelo Enem, informou que esta queda está relacionada ao fato de que o exame deixou de certificar a conclusão do Ensino Médio.

No Paraná, segundo o Inep, 54,4% dos inscritos já concluiu o Ensino Médio; 34,7% concluem este ano; e 9,2% terminam após 2017, que são os chamados treineiros.

Entre os candidatos, a maioria tem entre 21 e 30 anos (75.381), seguidos pelos candidatos com 17 anos (61.977), 18 anos (42.142), 16 anos (27.271) e 19 anos (26.623). Candidatos com idades entre 31 a 59 anos somam 28.240. Do total de participantes no Paraná, 57,1% são mulheres e 42,9% são homens.

Neste domingo, serão aplicadas as provas de linguagens, ciências humanas e redação, com 5 horas e 30 minutos de duração. No dia 12 de novembro, serão realizadas as provas de matemática e ciências da natureza, com 4 horas e 30 minutos de duração.

No dia da prova

Os portões dos locais de prova serão abertos ao meio-dia e fechados às 13h. Por isso, é essencial chegar com antecedência. Atenção ao trânsito que, normalmente, é intenso nas proximidades dos locais de prova.

Os inscritos devem levar um documento oficial com foto – pode ser a carteira de identidade, carteira de motorista, carteira de trabalho, carteira de reservista e até o passaporte. Não serão aceitas cópias, nem mesmo as autenticadas. Se o candidato perdeu ou teve o documento roubado, deve apresentar um boletim de ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias do primeiro domingo de aplicação do Enem – dia 5 de novembro.

O Inep informa que não é necessário levar o cartão de comprovação de inscrição, mas ele pode ajudar no momento de acesso ao local de prova. Este cartão pode ser impresso no site do Enem. Quem precisar comprovar sua presença na prova, para apresentar no trabalho, por exemplo, deve levar a declaração de comparecimento impressa e colher a assinatura do coordenador no dia da prova. O formulário está disponível na Página do Participante.

Para fazer as provas, a redação e preencher o cartão de respostas o candidato terá de usar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente. Outra cor de tinta impossibilita a leitura óptica do cartão de respostas.

Itens proibidos

Não é autorizado o uso de celular ou de qualquer aparelho eletrônico durante as provas. Os aparelhos terão de ser colocados em um porta-objetos com lacre, que deverá ficar embaixo da cadeira até o final das provas.

O candidato também não poderá usar lápis, lapiseira, borrachas, livros, manuais, impressos, anotações, óculos escuros, boné, chapéu, gorro e similares e portar armas de qualquer espécie, mesmo com documento de porte. Se estiver com um desses objetos, eles deverão ser colocados no porta-objetos.

Lanche

É permitido levar lanches, mas alimentos industrializados precisam estar com as embalagens lacradas.

Provas

Neste ano, pela primeira vez será usada a prova personalizada, com os cadernos de questões e o caderno de respostas identificados com nome e número de inscrição do participante. Ao receber a prova, o candidato deverá verificar se o caderno de questões e o cartão de respostas têm a mesma quantidade de itens, se o nome está correto e se não há defeito gráfico.

O aluno poderá deixar o local duas horas depois do início da prova. Só é possível sair com o caderno de questões nos últimos 30 minutos antes do fim das provas.

Transporte público

Na capital, a Urbanização de Curitiba S/A (Urbs) colocará em circulação linhas especiais de ônibus para reforçar o transporte coletivo. Além do reforço, a Urbs também preparou uma tabela com a indicação das linhas de ônibus que atendem cada um dos locais de prova e os principais pontos de parada.

As linhas especiais farão a operação ida com horários definidos. Para o retorno os ônibus aguardarão nos locais de provas a liberação dos fiscais da Urbs para iniciar a viagem.

Apesar do reforço é importante que os candidatos saiam de casa mais cedo everifiquem os horários de ônibus. Os percursos e horários estão no site da Urbs em Itinerários, onde é possível verificar a localização do ônibus em tempo real.

Linhas especiais

Faculdade Opet

Getúlio Vargas: linha especial Universidades, com saídas a partir das 10h do bairro Raquel Prado, Rua José Loureiro, PUC e Rua Marechal Floriano Peixoto.

Faculdades Santa Cruz (Campus Sede)

Especial Santa Cruz Campus Sede saindo do Terminal Capão Raso, a partir de 10h.

PUC

Serão três linhas especiais: a José Loureiro-PUC, a partir das 10h10, da rua José Loureiro; a Especial Linha Direta PUC/Rodoferroviária, com saídas da estação-tubo Rodoferroviária, na praça Baden Powel, a partir de10h e a linha especial Universidades, com saídas a partir das 10h, do bairro Raquel Prado.

Centro Politécnico

Serão duas linhas especiais: Universidades e Linha Direta Especial Tubo Círculo Militar e Tubo Jardim das Américas, com saída às 10h, do Círculo Militar.

Unicuritiba

Rebouças: Duas linhas especiais atenderão: Universidades e Especial José Loureiro.

Universidade Positivo Campo Comprido

Especial Um. Positivo, com saídas do Terminal Campo Comprido, a partir de 10h.

Universidade Tuiuti Campus Barigui

Especial Campina do Siqueira/Ter. Santa Felicidade e especial Campina do Siqueira/Tuiuti Barigui, no Terminal Campina do Siqueira, a partir de 10h.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal