75% das multas de trânsito no Paraná são para homens

Mariana Ohde


75% dos motoristas que foram multados no Paraná no primeiro semestre deste ano são homens, de acordo com uma pesquisa do Detran. Os condutores do sexo masculino com idades entre 25 e 34 anos também são os que mais tiveram a carteira de habilitação suspensa.

Segundo o coordenador de habilitação do Detran, Farid Gelasco, em comparação com os homens, as mulheres ainda são mais cautelosas. “Isso naturalmente reflete em mais segurança para o trânsito”, afirma. De acordo com o Ministério da Saúde, a cada dez vítimas fatais no trânsito, oito são homens e duas são mulheres.

“É importante que o homem tenha uma postura mais cidadã dentro do trânsito. Que ele entenda que ele é apenas mais uma pessoa que está participando do ambiente público que é esse ambiente que todo mundo se desloca”, alerta.

Ainda de acordo com Farid, os homens só costumam mudar de comportamento quando se tornam pais. “Ele dá muito mais valor para sua própria vida. Ele se sente muito mais responsável a partir do momento em que ele tem uma vida ou mais de uma vida dependendo da participação dele”, explica.

Os homens são a maioria dos motoristas habilitados no Paraná – 5,3 milhões. Nos últimos cinco anos, entretanto, esse número sofreu queda de 3%, enquanto o número de mulheres no trânsito cresceu de 31% do total e para 34% do total no mesmo período.

Dados

Os motoristas cometeram 1.542.530 infrações de trânsito no primeiro semestre de 2016 no Paraná. O número é 17% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando foram 1,3 milhão de multas. O excesso de velocidade continua sendo o principal motivo das autuações, somando 444 mil multas nos três tipos de infrações previstos pela legislação de trânsito – até 20% da velocidade permitida, entre 20% e 50% e acima de 50% do indicado para a via.

A infração mais cometida pelos motoristas é dirigir em até 20% acima do limite permitido. De janeiro a junho, foram 436.613 autuações por este motivo, o equivalente a 28% do total de infrações.

Em seguida, aparecem: estacionar em desacordo com a regulação, no estacionamento rotativo, com 121.205 multas; avanço do sinal vermelho (82.191); velocidade entre 20% e 50% do permitido (74.447); falta do uso do cinto de segurança (66.774); dirigir falando ao celular (60.693); e falta de registro de veículo após o prazo de 30 dias da venda (59.890).

Fecham o ranking das 10 infrações mais comuns aquelas relacionadas a estacionamento: estacionar em local ou horário proibido (44.184 autos), estacionar em desacordo com a sinalização (32.771) e estacionar na calçada (31.029).

Acidente deixa nove mortos e dois feridos na PR-486
Famílias de vítimas do acidente da BR-277 ainda aguardam indenização
PRF divulga imagens de acidente que deixou motociclista morto na BR-277

Municípios

Curitiba registrou 619.432 infrações nos primeiros seis meses deste ano. Aumento de 31% na comparação com 2015, quando foram 472.758 autuações.

Londrina, que instalou novos radares neste ano, teve a maior alta para o período: 73%. Passou de 58.150 infrações no ano passado para 100.474 em 2016.

Foz do Iguaçu e Ponta Grossa também tiveram aumento no número de infrações, 26% e 29%. A cidade do Oeste do Estado registrou 60.414 multas em 2015 e 76.012 em 2016. No munícipio dos Campos Gerais, o número era de 36.921 e chegou a 47.597.

Maringá e Cascavel continuam no ranking, mas registraram queda nas infrações. A primeira, de apenas 0,39%, passando de 159.519 autuações entre janeiro e junho de 2015, para 158.903 nos mesmos meses de 2016. Já a segunda teve queda de 24%: foram 67.589 multas no primeiro semestre do ano passado e 50.940 neste ano.

De todas as infrações registradas no Paraná, 69% são de competência dos órgãos municipais de trânsito, principalmente devido ao uso de fiscalização eletrônica, que permite maior capilaridade e precisão. Os órgãos estaduais, como o Detran e a Policia Rodoviária Estadual, por exemplo, respondem por 13% das autuações emitidas.

(Com informações da BandNews e AEN)

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="378424" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]