Internet: 8% dos estudantes do Paraná não têm acesso à tecnologia, diz PNAD

Redação

acesso à internet, internet, brasil, paraná, curitiba, tecnologia, pnad, pnad contínua, ibge

8% dos estudantes com idade escolar não têm acesso à internet no Paraná, indicam dados da Pnad Contínua (Pnad TIC), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Os dados são referentes ao quarto trimestre de 2019 e avaliam o acesso à tecnologia da informação e comunicação no quarto trimestre de 2019.

Embora tenham sido apurados antes da chegada da pandemia do coronavírus, os indicadores revelam a distribuição irregular da tecnologia, um fator de preocupação considerando que as aulas presenciais estão suspensas na rede pública e em parte da rede particular.

A conexão é mais abrangente em Curitiba e região metropolitana. De acordo com o IBGE, considerando a capital e os municípios do entorno, o acesso dos estudantes à internet chegou 95,6% no último trimestre de 2019.

No período de referência do estudo, 81,46% da população paranaense tinha acesso à internet. Em Curitiba e região metropolitana, 87,77% tinha acesso, considerando computadores ou smartphones de uso pessoal.

ACESSO À INTERNET CRESCE NO BRASIL

O porcentual de domicílios brasileiros que usam a internet subiu de 79,1% para 82,7%, de 2018 para 2019, o que representa um avanço de 3,6 pontos porcentuais.

Em 2019, no entanto, 12,6 milhões de domicílios ainda não tinham internet. Os motivos apontados foram falta de interesse (32,9%), serviço de acesso caro (26,2%) e o fato de nenhum morador saber usar a internet (25,7%).

Em 6,8% das residências, os moradores citaram a indisponibilidade de rede na área do domicílio e 5% alegaram o alto custo do equipamento eletrônico para conexão.

Segundo o IBGE, o crescimento mais acelerado do uso da internet nos domicílios rurais, que saiu de 49,2% em 2018 para 55,6%, em 2019, ajudou a reduzir a diferença em relação à área urbana, onde o acesso à rede avançou de 83,8% para 86,7%.

Conforme a pesquisa, houve crescimento em todas as grandes regiões, especialmente no Nordeste, com aumento de 5,2 pontos porcentuais no período.

Apesar disso, a região permanece como a que tem o menor percentual de domicílios com acesso à internet (74,3%).

De acordo com a PNAD Contínua, em 2019, entre os 183,3 milhões de pessoas com 10 anos ou mais de idade no país, 143,5 milhões, ou seja, 78,3%, usaram a internet nos últimos três meses do ano.

Os jovens adultos entre 20 e 29 anos foram os que mais acessaram a rede. Os estudantes usaram mais a rede (88,1%) do que aqueles que não estudantes (75,8%).

*Com informações da Agência Brasil

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="757542" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]