Chegada do frio aumenta em 42,5% a procura por antigripais

Com a chegada do frio, aumentam os casos de doenças respiratórias, tosse, gripe e dor de garganta. O cenário contribui p..

Francielly Azevedo - 26 de junho de 2019, 09:08

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Com a chegada do frio, aumentam os casos de doenças respiratórias, tosse, gripe e dor de garganta. O cenário contribui para que as consultas em hospitais e postos de saúde suba e consequentemente a procura por antigripais para tratar essas enfermidades.

De acordo com a plataforma Consulta Remédios, houve um aumento médio de 11,5% nas buscas por informações de medicamentos usados para tratar doenças típicas do inverno entre os dias 10 de maio e 10 de junho. O levantamento foi feito em 109 maiores redes de farmácia do país.

Segundo os números do Consulta Remédios, houve aumento nas buscas por antigripais (42,57%), anti-inflamatórios (6,60%), expectorantes (10,85%) e remédios para a tosse (40,43%). Já a procura por remédios para dor de garganta (-22,92%) e doenças do aparelho respiratório (-8,46%) registraram queda no período.

“Com a diminuição das temperaturas, os consumidores buscam mais informações sobre os medicamentos indicados pelo médico. E a nossa plataforma, além dos preços dos remédios praticados nas farmácias, traz as informações da bula, contraindicações e modo de usar”, explica Paulo Vion, CEO do Consulta Remédios.

Para se ter uma ideia, o antigripal Naldecon Dia, indicado para o tratamento de dor, febre e congestão nasal, registrou um aumento de 900% nas buscas entre os dias 10 de maio e 10 de junho. E os preços também variam bastante. O mesmo medicamento, na apresentação com 24 comprimidos de 800mg + 20mg, pode ser encontrado em uma farmácia por a R$ 31,56 e em outro estabelecimento por R$ 44,92, uma diferença de 42,3%.

Outro medicamento que teve muita procura no período foi o xarope Stodal. Registrou 600% a mais de buscas nas farmácias. Utilizado como expectorante, para o tratamento da tosse seca, pode ser encontrado no frasco de 150ml, com variação de mais de 56% no preço (de R$ 34,90 por até R$ 54,54).