Boato de assalto com bazuca no Paraná une notícias diferentes

Redação


Vídeos e fotos que mostram uma notícia falsa de um assalto a carro forte no Paraná e circulam em grupos de Whatsapp unem duas notícias diferentes, publicadas em 2013 e 2014, respectivamente. Uma delas é sobre uma apreensão de um lança-rojões em Apucarana (Norte do Paraná) e outra, da mesma região, mas em 2014, mostra imagens de um acidente com carro-forte.

O trecho do vídeo que está sendo compartilhado mostra um funcionário da empresa dentro de um carro forte completamente destruído, agonizando e pedindo socorro. A mensagem equivocada que acompanha o vídeo diz que bandidos mataram os seguranças com a explosão.

“Assalto a carro forte com BAZUCA, em Apucarana/PR. Que barbaridade! Como sabem, a bazuca é uma arma antitanque. A polícia, também, não tem blindagem para se proteger dessa arma. As cenas são fortes.  Polícia desacreditada pelo próprio estado e marginais alcançando níveis bélicos de guerra. Estão aí, trabalhadores estraçalhados e agonizando no interior do carro forte. E ONGs e ORGs de direitos “humanos” preocupadas com os métodos com que a polícia pode interrogar esse VERME, que foi preso com a bazuca”, diz a falsa mensagem.

13444004_1146686468686919_485838196_n

Acidente

As cenas do vídeo são de um acidente ocorrido em 2013, na rodovia PR-466, próximo a cidade de Turvo, na qual três pessoas morreram. A batida envolveu um caminhão Scania R440, placas de Londrina, conduzido pelo caminhoneiro Odinei Camargo Guimarães, 26 anos, que morreu na hora, e carro forte da empresa Proforte de São Paulo, dirigido por Júlio César Nogueira, 33 anos, que morreu no dia seguinte. Segundo testemunhas, o acidente aconteceu por volta 17h10, a 8 quilômetros da cidade de Turvo. O caminhão Scania seguia sentido Pitanga, enquanto o carro forte no sentido Guarapuava. Ambos bateram de frente em um aclive.

Bazuca

A bazuca que aparece em fotos também compartilhadas com os vídeos e a mensagem foi na verdade apreendida pela Polícia Militar de Apucarana no dia 10 de julho de 2013. Os policiais receberam uma denúncia anônima e abordaram uma veículo Gol Prata, placa ARI-2385, na Avenida Aviação, Vila Nova, e encontrou o lança-rojões do Exército. Três homens foram presos na ocasião.

13444217_1146686218686944_2093646977_n

https://youtu.be/0rVmyRF5MBc

https://youtu.be/Xcah4lWboL4

https://youtu.be/0rVmyRF5MBc

Previous ArticleNext Article