Celulares piratas serão bloqueados pela Anatel

Francielly Azevedo


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou, na última sexta-feira (26), que os celulares falsificados serão bloqueados. A medida começa a valer no segundo semestre de 2017.

Segundo o comunicado, a partir de 30 de junho as operadores começarão a notificar os clientes sobre as irregularidades no aparelho telefônico. O bloqueio só acontece se, após 75 dias, o smartphone continuar sem o registro na Anatel e não tiver o IMEI válido.

Não fazem parte da lista aparelhos “comercializados irregularmente” no mercado nacional, mas que possuem o número de IMEI certificado.

De acordo com um levantamento feito pelo Ibope, os celulares são quarto produto mais pirateado no Brasil. A Agência estima que, após a implantação da norma, cerca de um milhão de smartphones devem ser bloqueados por mês.

Em 2013, as empresas de telefonia móvel se posicionaram a favor da proibição e, inclusive, apoiaram a decisão da Anatel de bloquear chamadas realizadas por telefones falsos.

 

 

Origem

Grande parte dos aparelhos chega ao país em contrabandos. Além disso, os equipamentos são produzidos com material de qualidade inferior. As empresas afirmam que a venda prejudica o setor de maneira desleal, já que são muito mais baratos do que os celulares “originais”.

 

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.