Censo Demográfico do IBGE começa no Paraná nesta segunda

Atualização deveria ter sido realizada em 2020, mas foi adiada por conta da pandemia. O último Censo foi feito há 12 anos.

David Musso - BandNews FM Curitiba - 01 de agosto de 2022, 06:30

(Foto: Divulgação/IBGE)
(Foto: Divulgação/IBGE)

O Censo Demográfico 2022 do IBGE será lançado oficialmente nesta segunda-feira (1º). Com o início formal dos trabalhos, a população do Paraná deve passar a receber os recenseadores nas residências, para a atualização de uma infinidade de informações. É por meio do Censo, que são conhecidos os principais detalhes de como vive a população do país. As informações são da BandNews FM Curitiba

Para o agente censitário Rodrigo da Conceição, os dados obtidos pelo Censo são fundamentais tanto para os governantes, quanto para a população.

"Os dados do IBGE servem para que os governantes tenham noção da realidade de cada município. Para poder administrar uma área, precisa ter esse conhecimento. E para a população também ter esse conhecimento e cobrar dos gestores, caso necessário", afirma ele.

O último Censo Demográfico foi realizado há 12 anos, em 2010. Desde então, os dados e as características da população brasileira vêm sendo calculadas por meio de uma projeção matemática realizada pelo IBGE.

Esse cálculo metodológico nem sempre condiz com a realidade – o que foi um desafio para os governantes, por exemplo, em meio à pandemia do coronavírus, quando saber o número e as características da população foi fundamental. Foi por meio dos dados projetados a partir do Censo, que foram planejadas as medidas de prevenção à doença e o racional de distribuição das vacinas.

A agente censitária Amanda Fernandez detalha que o questionário do Censo deste ano vai desde as questões mais simples, até as mais complexas.

"Por exemplo se tem calçada, obstáculo, rampa para cadeirante, acessibilidade, ponto de ônibus, iluminação, árvores...".

Com a realização do estudo a expectativa é também por uma atualização mais precisa da população do Paraná, hoje estimada em 11 milhões e 600 mil pessoas, sendo 52% mulheres.

Esta é a décima-terceira vez que o Censo é realizado no país. O prazo de realização das consultas será de dois meses e meio e termina em outubro. A previsão é que os primeiros resultados sejam divulgados em 30 de dezembro.

Durante as consultas, todos os recenseadores devem se apresentar identificados com crachá, boné e colete do IBGE. No crachá de identificação, além do nome e da foto do profissional, há, ainda, um QR Code que pode ser lido pelo celular e que permite confirmar o vínculo do profissional com o órgão.

Em caso de dúvidas a população pode buscar o atendimento diretamente com o IBGE por meio do número 0800 721 8181.