Chile já vacina adolescentes de 12 a 17 anos contra a covid

Redação

Vacina da covid no Chile para adolescentes

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, iniciou oficialmente nesta terça-feira (22) o processo de aplicação de vacina contra o vírus SARS-COV-2, que provoca a covid, em crianças e adolescentes. Podem ser vacinados menores de 12 a 17 anos de centros do Sename, que atendem menores, e centros de saúde mental, bem como adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades específicas. As informações são da página oficial do governo do Chile.

“A vacina é voluntária, mas todos nós temos a obrigação moral de sermos vacinados. Se não nos vacinamos estamos colocando a saúde daqueles que mais amamos, nossas famílias, nossos entes queridos , nossos colaboradores, em risco ”, disse Piñera .

Entre as comorbidades específicas – nesta primeira etapa – e que permitem a vacinação de um jovem, estão as doenças pulmonares crônicas, doenças neurológicas, doenças renais, doenças hepáticas crônicas, doenças metabólicas, doenças cardíacas, câncer em tratamento, imunodeficiências congênitas ou adquiridas, doença mental severa ou obesidade severa.

Da mesma forma, esta semana está previsto o início da vacinação também para os jovens de 19 e 18 anos. Além disso, as retardatárias com 20 anos ou mais serão vacinadas de forma especial, juntamente com as gestantes com 16 semanas de gestação.

Chile já aplicou 21 milhões de doses de vacina da covid

Até o momento, o Chile administrou 21.385.816 doses contra o vírus SARS-COV-2 no Chile. Destes, 11.864.053 correspondem a pessoas com uma dose e 9.303.900 completaram o esquema de vacinação.

Durante o último fim de semana, o Chile recebeu 275.908 novas doses da vacina CanSino. Com esta remessa, ultrapassam-se os 24,6 milhões de vacinas contra Covid que entraram no Chile, somadas também as dos laboratórios Pfizer-BioNTech, AstraZeneca e Sinovac.

“Juntos vamos superar essa pandemia, vamos poder proteger nossa saúde e nossas vidas, vamos conseguir recuperar os empregos que perdemos, vamos poder reativar nossa economia e nós vamos poder viver plenamente nossas vidas ”, concluiu o presidente Sebastián Piñera.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="771591" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]