Chuva provoca morte em São Gonçalo, na região metropolitana do RJ

A morte aconteceu após o carro em que ela estava cair em um rio. Outras quatro pessoas foram resgatadas com ferimentos leves.

Agência Brasil - 30 de abril de 2022, 14:51

(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)
(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

A chuva forte que a caiu na sexta-feira (29) causou estragos no município de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro. Segundo a prefeitura, uma pessoa morreu.

A morte aconteceu após o carro em que ela estava cair em um rio, no bairro Monjolos. Outras quatro pessoas que estavam no veículo foram resgatadas com ferimentos leves.

O município está em estágio de observação. Integrantes da Secretaria de Conservação trabalham nas várias áreas de alagamento e em ações de limpeza.

Equipes de emergência estão no Jardim Catarina, bairro bastante atingido pela chuva e com muitas áreas alagadas. De forma preventiva, foi aberto um ponto de apoio na Escola Municipal Professor Aída Vieira de Souza, na localidade.

De acordo com a Defesa Civil, as sirenes não foram acionadas. “Equipes da Secretaria de Assistência Social também estão de prontidão para dar suporte aos moradores de áreas alagadas”, informou a prefeitura.

CHUVA NO RIO DE JANEIRO

A chuva provocou alagamentos em várias regiões da capital carioca, como Guaratiba, Bangu e Jacarepaguá, na zona oeste, e levou a prefeitura da cidade a decretar estágio de atenção às 23h45.

A mudança no tempo foi provocada pela chegada de uma frente fria no oceano que mantém a entrada de umidade na capital.

Desde o início do estágio de atenção, a Defesa Civil municipal acionou 38 sirenes em 24 comunidades. De 5h31 às 10h30 de hoje (30), o órgão registrou 63 ocorrências. Deslizamentos na estrada que liga os bairros do Grajaú, na zona norte, e Jacarepaguá, na zona oeste, levaram ao fechamento da via, que permanece interditada.

Também em consequência da chuva, o serviço do BRT em linhas dos corredores Transcarioca, Transoeste e Transolímpica foi suspenso temporariamente.

No fim da manhã começaram a ser retomados os serviços na Transolímpica. A linha 51A, com percurso Vila Militar - Terminal Alvorada estava totalmente parada. A 51, Vila Militar - Terminal Recreio, estava funcionando até o bairro de Sulacap, mas já voltou a operar até a Vila Militar. Já as linhas 17, da Transoeste, e a 40, da Transcarioca, não têm previsão de volta.